Já ouviu falar que tudo o que é bom dura pouco? Para o torcedor são paulino, esse ditado nunca fez tanto sentido como agora. Com mais de 50 mil pessoas no Morumbi, novo recorde de público do Campeonato Brasileiro nessa temporada, o São Paulo voltou para a zona da degola, após ser derrotado pelo Coritiba, por 2×1, todos os gols marcados no segundo tempo.

Resultado difícil de ser compreendido se comparado com o jogo anterior, onde o time resgatou forças para arrancar uma virada histórica em cima do Botafogo. A expectativa para o jogo de hoje era de vitória, já que o Coritiba se encontra na mesma situação que o Tricolor, ambos lutando para fugirem do Z4.

O São Paulo teve maior posse de bola durante todo o jogo, porém com grandes chances de gols para ambos os times. No primeiro tempo, Cueva e Marcinho tiveram as maiores oportunidades de abrirem o placar, mas sem sucesso.

No segundo tempo, eis que surge a polêmica envolvendo o árbitro Péricles Bassols Cortez, que marcou um pênalti feito por Bruno, “impossibilitando” a passagem de Rildo. Para muitos, Bruno cometeu a infração justamente por barrar o avanço do atacante, mas para outros, não houve pênalti de jeito algum. O pênalti foi cobrado por Carleto, ex jogador do São Paulo, abrindo 1×0. O zagueiro Rodrigo Caio chegou a receber cartão amarelo por reclamação.

Depois do gol sofrido, o Tricolor acordou e foi pra cima. Em um curto espaço de tempo, o time desperdiçou chances valiosíssimas de igualar o placar. Mas o azar não parou por aí: Filigrana, que mal havia entrado no jogo, ampliou para o time paranaense: 2×0. Somente aos 43 minutos do segundo tempo, Denilson diminuiu para o São Paulo, com o resultado final de 2×1. Mais cinco minutos de acréscimo.

Lembranças do jogo realizado no último sábado (29), o torcedor ainda tinha esperanças de ver uma possível reviravolta dentro de campo, e quem sabe, empatar nos minutos finais (ou na melhor das hipóteses, virar o jogo, assim como fez com o Botafogo). Mas infelizmente, o desejo não se concretizou.

Com esse resultado, o Tricolor permanece com míseros 19 pontos e cai para a 17ª posição na tabela do Brasileirão. O próximo jogo será disputado no domingo (6), contra o Bahia, em Salvador. Segundo Dorival, o time ainda está evoluindo, que oscilações são normais e que o São Paulo possui maturidade para sair da zona de rebaixamento. Assim esperamos. Avante, meu Tricolor.