“O gigante está ferido, mas não está morto”. Essa frase que os torcedores estão compartilhando nas redes sociais, se encaixa perfeitamente no momento do São Paulo. Agora que o clube está iniciando a era Dorival Júnior, o time precisa jogar cada jogo como se fosse uma final e sair do Z-4 enquanto há tempo.

Você torcedor (a), que acompanha o Campeonato Brasileiro irá concordar comigo. É sempre assim, quando o clube está lá embaixo na tabela e o campeonato está prestes a acabar, parece que os jogadores deixam para jogar na raça no último jogo decisivo. Acredito que no caso do São Paulo isso não irá acontecer.

Desde a partida contra o Flamengo, no Rio de Janeiro, que nós torcedores estamos esperando pela reação do time Tricolor. De lá para cá muita água passou por baixo da ponte Morumbi, caso você não recorde: O comando da equipe foi substituído, jogadores foram contratados e profissionais da comissão técnica foram demitidos. Mas, a vitória que é bom, nada.

Falando em vitória, amanhã (13), justamente pela 13° rodada do Campeonato Brasileiro, a partir das 19h30, no Cicero Pompeu de Toledo, o São Paulo entra em campo contra o Atlético-GO. Esse sim será o jogo da virada, a torcida estará apoiando novamente e não aguenta mais essa má fase. O único remédio capaz de aliviar essa dor de cabeça pós-jogos do São Paulo é ela, a Vitória.

A torcida que está na hashtag UnidosPeloSPFC, acredita que o São Paulo saíra vitorioso da partida. Afinal, o Atlético-GO está na última colocação da tabela, enquanto o Tricolor está na penúltima, mas nesse jogo estará jogando em casa e com a maior parte da torcida à favor.

RAÇA ! RAÇA ! RAÇA !