O São Paulo tem um dos piores aproveitamento no Campeonato Brasileiro de 2017. Com apenas 11 pontos, o time Tricolor está sem vencer há cinco rodadas e está a um ponto da zona do rebaixamento, a mesma composta pelos piores times do Campeonato Brasileiro.

Não podemos ser ingratos com o Rogério Ceni, todos nós já sabíamos que ele não tinha experiência nenhuma como treinador e seria uma nova fase em sua vida. Talvez o erro do técnico possa ser a falta de experiência e peças não suficiente para compor o elenco. É necessário paciência, mas até quando a diretoria vai deixar tudo nas costas do treinador? Queimando treinador por falta de planejamento, sendo que a mesma não faz nada para melhorar o elenco. Na minha coluna anterior comentei que Ceni tem parcela de culpa sim, mas jogadores e diretoria também estão a desejar, é algo que deve ser mudado de cima para baixo.

Apesar dessa menção, em uma concepção geral o maior envolvido em todo esse acontecimento, claramente, tem um nome o qual ocupa a presidência  do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, conhecido como Leco. O mesmo só se manifesta publicamente na fase boa, nessa maré de azar ele permanece sumido. Com 20 meses no cargo e somente conquistando dinheiro com venda da maioria dos jogadores que subiram da base para o profissional, e não sabemos em que foi investido esse dinheiro, e nada de se esforçar para ter manter e adquirir um bom elenco para brigar por títulos.

Faz alguns anos que o grande São Paulo não conquista título, o último conquistado em 2012, a Copa Sul Americana e no ano seguinte, pelo Campeonato Brasileiro, com a fase ruim do São Paulo, os péssimos resultados derrubaram Ney Franco, Milton Cruz e Autuori, e na sequência um dos melhores técnicos do São Paulo, aprediz de Telê, o técnico Muricy Ramalho assumiu o comando e lutou junto com a torcida que apoiou muito tem uma das maiores médias de público do ano, contra o rebaixamento.  O São Paulo com toda sua grandeza se reergueu, saindo da zona de rebaixamento para a série B, lembrando que time grande não cai, porém tudo isso não serviu de aprendizado a os anos da seguintes.

Apesar da má fase, o verdadeiro torcedor não deixa de marcar presença no estádio, para ficar criticando nas redes sociais, pode faltar raça de jogadores e desorganização da diretoria, mas nós torcedores não podemos deixar de fazer nossa parte que é cantar e apoiar o São Paulo FC.

O próximo jogo é fora de casa, no Rio de Janeiro contra o Flamengo, domingo (02) às 16h00.

Jogue por nós que cantaremos para vocês.

Avante Meu Tricolor.