Paciência! Sofremos mais uma derrota, pós a terceira eliminação do ano. Muda treinador, muda elenco, e a postura é a mesma desde 2013. Quer saber, cansei, mas não cansei de vestir a camisa do São Paulo, cansei de ser chacota, cansei de não ver estimulo da diretoria, cansei de depositar confiança no craque do time e quando precisa ele se torna minúsculo, cansei de falta de responsabilidade, cansei  da falta de comprometimento, cansei da falta de respeito com o torcedor – mesmo que de uma maioria mimada e sem paciência – e cansei de sentir saudade do passado.

Mas não canso de esperar pelo menos um ano para ver as coisas se ajustarem, é tudo novo, nada é do dia pra noite. Da mesma forma que estamos aguentando há anos por essas humilhações, teremos que ter paciência. Não canso de continuar acreditando que tudo pode ser melhor, não canso de “perder meu tempo” para te ver jogar, não canso de te defender, quando estiver na pior, não me canso… Precisamos de estabilidades físicas e, especialmente, psicológicas.

Se é pra comparar, comparei: Times europeus demoram anos para que o treinador monte o time ideal, não culpe Rogério pela lambança do passado. Esse é o seu primeiro ano, é o momento dele, porém ele não pode fechar os olhos para todos os erros, incluso os que mais nos prejudica: tomar gol e ficar com o psicológico abalado. Cansei de torcedor que não tem paciência com um trabalho. É uma via de duas mãos onde todos têm que colaborar para não termos acidentes.

Sabe o que é pior (ou melhor, depende do ponto de vista)? qQue o meu amor pelo São Paulo mostra-se mais grandioso nessa fase, se fico irritada é porque existe sentimento.

Resumindo? NADA MUDOU! Desde 2013 o mesmo cenário com alguns, assim como o elenco e treinador, e os mesmo em uma inércia de exigências, dirigentes e torcida. E ai, quem tem que mudar a postura primeiro?

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net