O Clube de Vantagens do Tricolor Paulista, via Sócio Torcedor, criou uma maneira bem criativa de realizar sonhos, ganhar brindes e ingressos. Basta “colecionar” moedas Tricolores. “Como assim moedas Tricolores?”, através de um link disponibilizado no site do Sócio Torcedor, acesse lojas parceiras, faça suas compras e, após a confirmação da venda, receba suas moedas como retribuição. Acha pouco? Pagando a sua mensalidade em dia, você ainda recebe desconto em algumas lojas físicas do São Paulo Mania, em reserva de restaurantes, viagens e em locação de veículos.

Allan Amorin

Allan Amorim

Através deste processo conhecemos o Allan Amorim, Coordenador de Projetos Educacionais, na Horizonte Educação e Comunicação. “Sou um cara que quando o São Paulo perde fica mal humorado, às vezes nem durmo direito, e nos últimos anos infelizmente isso tem acontecido com freqüência”. Ou ainda melhor dizendo, Allan é o sortudo que, através de moedas acumuladas no Clube de Vantagens, conseguiu conhecer as instalações do Centro de Treinamento Frederico Antonio Germano Menzen, popularmente conhecido como CT da Barra Funda.

“Começo dizendo que a minha ida ao CT da Barra Funda está no meu Top 3 de emoções proporcionadas pelo nosso Tricolor. As outras duas são: a final do mundial de 2005 e jogo das oitavas de final contra o Rosário Central, na liberta de 2004, onde, na ocasião, o M1TO foi o cara do jogo.”

Com a ansiedade a flor da pele, ele contou os segundos para a visita, entre a hora em que a equipe da Passaporte FC confirmou sua participação no tour e a chegada ao CT. “No mesmo dia [do resgate das moedas] o Rafael da Passaporte FC entrou em contato por telefone para dar as informações da visita. De quarta à sábado, fiquei igual uma criança quando vai para uma excursão de escola”.

Ele chegou à Barra Funda uma hora antes do horário marcado para a visita, tempo suficiente para ver, do lado de fora, a maioria da equipe se apresentar para o treinamento. Todos passavam, olhavam, mas seguiam pelo portão de ferro. Como se não tivesse pressa, Chávez parou, foi o único, e só seguiu para o CT após atender todos os torcedores.

O grupo, de mais ou menos vinte pessoas, conheceu primeiro a excelência das instalações do nosso centro de treinamento e depois foram levados até a beira do campo. “Logo de cara avistei o Lucas Pratto, recém chegado e já treinando. E o Rogério, um cara super bravo, cobrando bastante dos jogadores”. Por conta da chegada dos visitantes, o treino não demorou muito para acabar, e logo veio a melhor parte da visita: o contato com os atletas.

Ele não perdeu  a oportunidade de dar as recomendações ‘made in torcedor‘ à equipe. “O primeiro a nos atender foi o Maicon, e fiz questão de dar um recado pra ele: ‘Quebra o tal de Pottker!'”. O carisma do novo goleiro chamou sua atenção, e rendeu ao camisa 12 o posto de mais simpático do elenco. Pratto, o novo ídolo, também atendeu a todos e recebeu as calorosas boas vindas do grupo. Mas a surpresa maior ainda estava por vir.

“Quando estava tirando fotos com o Pratto, olhei para o lado e o Lugano estava cercado de gente. Paralisei! Cheguei perto e toquei no ombro dele para saber se era de verdade. Estava frente a frente com ele, comentei inclusive que o nome do meu cachorro é Lugano, tirando risadas dos tricolores em volta… Um fato curioso, é que o Lugano ficou com minha caneta. Fiquei com medo de pedir de volta e ele me dar um carrinho ” (risos)

Quando, quarenta minutos após o final do treino, ele achou que o sonho havia acabo, que ele voltaria para casa com Aquele espaço reservado em branco. Sem Aquele autógrafo. Sem Aquela foto. Eles foram direcionados para a o último ponto da visita, a sala de imprensa. Mas no meio do caminho: A Fera. O M1TO!

Fiquei meio anestesiado, o cara estava a poucos metros de mim. Fizemos uma fila e ele atendeu um por um. Chegando a minha vez, dei um abraço e falei obrigado por todos os títulos! Consegui fazer um vídeo disso, e claro peguei meu autografo. Sobrou até um tempinho para ele dar um tchauzinho no vídeo para minha mãe, que é super fã dele.

Ao todo, em três horas e meia de visita, além de ficar mais perto do time, conhecer toda a estrutura do clube – como o refeitório dos atletas, Reffis, sala de vídeo Leônidas da Silva, a piscina onde é feito o trabalho regenerativo e o campo de treinamento -, e a preparação de nossos atletas, ele voltou para casa uma camisa autografada por ninguém menos que Rogério Ceni, Denis, Cícero, Wellington, Neilton, Pintado, Renan, Breno, Lucas Fernandes, Gilberto, Sidão, Lugano, Lucas Pratto, Douglas e Maicon.

“Recomendo essa super experiência, vale muito a pena ser Sócio Torcedor. Além de ajudar nosso Tricolor, temos a chance de conhecer nossos ídolos!”. E é nesse quase “passe de mágica” que simples compras se transformam na realização de sonhos. Ficar próximo ao seu ídolo, saber como é instalação de concentração, treino e contribuir com seu clube é apenas a prova de que o Sócio Torcedor deu certo e soube utilizar as oportunidades de aproximação com seu público. E é por isso que quando dizemos que o São Paulo é referencia no mundo em alguns aspectos, não existe brincadeira.

Para informações acesse: Clube de Vantagens . Veja mais fotos deste momento único: