Alô Nação!

Nesta quinta-feira, o São Paulo fez sua primeira partida do ano sob o comando de Rogério Ceni, válida pela Florida Cup, no Al Lang Estadium, na Flórida, conseguindo a classificação sobre o River Plate, por 8 a 7 nas penalidades, com duas defesas de Sidão.

Querendo dar ritmo de jogo ao elenco, Rogério optou por escalar uma equipe diferente em cada etapa. A partida foi bem disputada na maior parte do tempo, mas as equipes não conseguiram sair do 0 a 0, o que levou a decisão para os pênaltis.

A primeira etapa foi de total domínio do São Paulo, onde teve bastante movimentação, com rápida saída de bola e reposição, o que deixou a desejar foi à finalização, pois Cueva perdeu um pênalti logo aos dois minutos de jogo, além de Luiz Araújo e Chávez, que desperdiçaram chances claras de gols.

A equipe inicial foi: Denis, Maicon, Rodrigo Caio, Breno, Bruno, Thiago Mendes, Buffarini, Cueva, Wellington Nem, Luiz Araújo e Chavez.

Já no segundo tempo, Rogério mudou praticamente toda a equipe que estava em campo, entrando com Sidão. Buffarini (Foguete), Lugano, Lucão, Junior Tavares, João Schimidt, Wellington (Araruna), Cícero, Wesley, Neilton (Shailon) e Gilberto. Como esperado, o rendimento do time caiu, pois muitos dos jogadores ainda não haviam jogado juntos.

Com isso, o River Plate aproveitou a oportunidade e tomou conta de diversos momentos da segunda etapa, acertando uma bola na trave no último minuto da partida, mas o empate persistiu, levando a decisão para os pênaltis.

O destaque nas penalidades foi Sidão com duas defesas que garantiram a vitória do Tricolor. Já as cobranças de pênaltis foram convertidas por: João Schmidt, Cícero, Shaylon, Gilberto, Junior Tavares, Araruna, Lugano e Lucão, já Wesley desperdiçou.

Com a vitória, o Tricolor enfrenta o rival Corinthians pela decisão do Torneio no sábado, às 21h.