Alô, Nação!

O ano de 2017 tem tudo para ser especial, e um dos destaques do começo desta temporada é Rogério Ceni, que mesmo estando no início de seu trabalho como técnico do Tricolor, tem demonstrado muita competência na atual função, principalmente após a conquista do seu primeiro título no comando do São Paulo, em cima do rival Corinthians, time esse que também ficou marcado por levar o centésimo gol do maior goleiro artilheiro da história do futebol.

Outro destaque no atual momento do clube é o elenco, que parece ter assimilado o método de trabalho que Rogério vem implementando, mostrando muito comprometimento nos treinamentos e nos amistosos que a equipe fez até agora. Novos reforços são esperados para finalizar a janela de transferência do começo de ano, entre eles está o volante Jucilei, de 28 anos. Outros nomes também são especulados.

Dia 5 de fevereiro, o Tricolor inicia oficialmente o ano pelo Campeonato Paulista, contra o Audax, na Arena Barueri, jogo que já está cheio de polêmicas por conta de declarações do ex-jogador Vampeta, atual presidente do Audax, que afirmou que o preço mínimo dos ingressos será de R$100,00 para o jogo de estreia de Ceni. A torcida Tricolor, que não gostou nada dessa atitude, tem se unido em prol de um boicote, e pedindo a diretoria são-paulina que entre com time reserva e com Pintado no comando da equipe, deixando assim a estreia do M1TO para o jogo seguinte, que acontecerá no Morumbi, dia 12, contra Ponte Preta.

Dúvidas ainda cercam Ceni para montar o time titular do São Paulo, mas para a torcida, um dos mais esperados e que deve estar presente entre os titulares é o goleiro Sidão. Herói do título da Florida Cup, Sidão vem ganhando moral com elenco e comissão técnica, embora Rogério ainda afirme que dará chances a todos os goleiros do elenco.

Ao lado de Maicon e Rodrigo Caio, que já têm posição garantida na defesa, Breno, Douglas, Lugano e Lucão são os outros nomes da posição.

Buffarini, Cueva e Thiago Mendes também devem garantir vaga no time principal, pois não seria diferente, já que no elenco atual são os melhores de suas respectivas posições.

No ataque, Wellington Nem foi um dos principais destaques na passagem do Tricolor pela Florida e também deve ter vaga garantida. Já Chavez e Gilberto precisam manter os olhos abertos, pois Ceni ainda está atrás de um camisa 9, e nós, torcedores, devemos até respirar aliviados por saber que o M1TO procura um matador para vestir a camisa do Tricolor, uma vez que a média de gols perdidos do Chavez é relativamente alta.

O que temos percebido é que o clima nos bastidores é de muita descontração e carisma. Elenco e comissão técnica parecem estar muito unidos, e isso será um dos pontos principais para que o São Paulo alcance seus objetivos nesse ano. Com uma boa equipe e um ambiente tranquilo tudo fica mais fácil.

E você torcedor, gostaria de ver quais jogadores no time titular?