Não há nenhum problema em comemorar as duas datas, sinta-se a vontade torcedor, apenas passamos por um momento “fênix” em nossa história e fomos mais uma vez vitoriosos mesmo sem imaginar a grandeza que nos tornaríamos recentemente, clube novo, mesmo com alguns problemas sempre se sobressaiu com a cabeça erguida .

Nossa fundação foi concedida na data de 25 de janeiro de 1930 por ex-sócios, dirigentes e jogadores do C.A. Paulistano e A.A Palmeiras e a refundação 16 de dezembro de 1935 após desavenças políticas que haviam levado o clube a um breve encerramento no ano anterior.

“O “São Paulo Futebol Clube”, fundado na Cidade de São Paulo, onde tem foro e sede, em 25 de janeiro de 1930, extinto em 14 de maior de 1935 e reorganizado em 16 de dezembro de 1935, é uma sociedade civil”.

Diante de muita batalha e um possível desmanche do clube por divergências, mesmo nascendo “em berço de ouro”, assim como alguns dizem, na historia de São Paulo tivemos pessoas que nunca deixaram seu nome escurecer ou sumir, deram a volta por cima e nos mantiveram no topo do Futebol Brasileiro.

O que aconteceu no inicio de 1935 não deverá acontecer novamente, a lição já foi dada e temos que levar esse aprendizado. Hoje quem está a frente de qualquer clube, inclusive do São Paulo, tem que pensar sempre em melhorar a história da camisa que  representa, não deixar ir buraco a baixo por problema políticos ou benefícios próprios, o nome do São Paulo é maior que qualquer coisa que possa ser “um problema”.

Mais sobre: http://www.saopaulofc.net/spfcpedia/a-historia-do-spfc/genealogia/