Imagem em destaque (O Torcedor foi ao estadio no jogo contra o Coritiba, e com o escudo pintado no peito  fez o seu protesto pacifico como tem que ser )

 

Na manhã do último sábado, 27/08, alguns torcedores se reuniram na frente do CT para um protesto, este marcado durante toda a semana. Até ai tudo “ok” já que a situação que o São Paulo está vivendo é lamentável e os motivos para se protestar existem, então protestar com canções, bandeiras, faixas, cobrando mais postura, mais empenho por parte de todos é muito válido, desde que isso seja feito de forma pacífica.

Acho até que o protesto (pacífico) deveria ser direcionado não só aos jogadores, mas principalmente à diretoria, maior responsável por tudo isso.

Ao contrário de tudo que cito acima, alguns torcedores (se é que posso titular assim), invadiram o CT, agrediram alguns jogadores, ameaçaram e  roubaram (isso mesmo, ROUBARAM) o seu próprio clube que dizem amar. Mais lamentável que a situação que esse clube de tamanha grandeza vive, é ter que ver isso.

Custo acreditar que tenha sido a atitude de todos os presentes, tenho certeza de que para alguns o bom senso prevaleceu. Aos que agrediram e roubaram, parabéns, vocês conseguiram manchar um pouco mais nossa imagem que já há anos não está aquelas coisas. Já escuto e leio comparações com torcidas adversárias que tem esse ato bem costumeiro de agressões e violências com seus clubes.

age20160827142_EDMJ2l8

Foto: ( Rafael Arbex ) Violência Nunca será a solução.

Não é questão de estar sendo “boazinha demais”, até por que muitos acham que o correto é quebrar tudo, botar o terror. Mas penso diferente, para mim futebol é um esporte querido e merece mais respeito pois envolve coisas importantes como AMOR ao clube, famílias se unem pelo futebol, crianças que vão ao estádio torcer. Esses exemplos horríveis não podem ser repassados à elas. Tenho outra visão de torcer e protestar, violência sempre vai gerar mais violência. Não será um tapa ou um soco que fará aquele jogador que está em mau momento evoluir de um dia para o outro. Pelo contrário, acredito que o desmotivará ainda mais.

Não sejam inocentes, o São Paulo não é formado só pelo Michel, Wesley e Carlinhos. Ou são somente os três que entram em campo? Se tirar os três tudo estará resolvido e seremos o campeão do brasileirão 2016? Reflitam, o futebol é é um esporte coletivo e será com o empenho e determinação de todos que seguiremos adiante.

Se este tal protesto tivesse surtido efeito no jogo de domingo, teríamos dado um chocolate no Coritiba. E o que houve? Só ajuda a desestabilizar ainda mais.

Alguém me perguntou este final de semana: porque você repudia tanto assim essa cobrança, essa violência por parte da torcida? Eles merecem, eles ganham muito e não estão jogando bem, tem que apanhar mesmo.

Respondi: Porque acima de tudo sou humana,sou mãe tenho um filho de seis anos que treina futebol, que ama esporte e ama o São Paulo FC. Mais tarde se vier a ser um jogador profissional me machucará muito vê-lo sofrer essas ameaças, essas agressões. O dinheiro que o jogador ganha pouco me importa, se ganha pouco ou muito já não é problema meu, continuarei acordando cedo do mesmo jeito para trabalhar e buscar o meu ganha pão também, isso não mudará minha vida, o que me importa é amar meu clube e apoiá-lo até o fim.

Foto: ( Rafael Arbex )

Foto: ( Marcelo Hazan )

Foto: (Rafael Arbex) Torcedor peguem sua Bandeira e vá ao estadio Protestar.

Foto: (Rafael Arbex) Torcedor pegue sua Bandeira, sua faixa e vá ao estádio Protestar de forma pacifica.

 

Nós torcedores temos que entender que é lindo quando enchemos o estádio levando nosso apoio ao time. Legal também seria se nós lotássemos na crise e levasse nosso protesto lá nas arquibancadas (somente).

 

Pensem nisso.

 

Vamos São Paulo, vamos reagir!