Na quarta-feira (6), um dia depois da partida entre São Paulo x Trujillanos pela Libertadores no Morumbi, ao perfil oficial na rede social do clube, divulgou uma imagem ironizando o “torcedor de sofá”, referindo-se ao público pagante de 18.561 na partida de terça.

Com a imagem do jogador Calleri ao fundo, com as mãos sobre os olhos como se procurasse algo e com o seguinte texto “Cadê você aí no sofá? – A gente avisou que era noite de Libertadores no Morumbi! #IssoéSãoPaulo” a imagem causou um certo incomodo há alguns torcedores.

Imagem divulgada pelo São Paulo após goleada
no Morumbi. 

Eu particularmente achei uma maneira criativa, já que foi possível ver a repercussão  que a imagem gerou em portais e programas futebolísticos. Todos esse portais perguntavam  se a mensagem para o torcedor foi ofensiva ou não, gerando uma certa discussão.

De fato, uma torcida que sempre fala que “São Paulo É Libertadores” e não comparecer no jogo do Morumbi na terça-feira é meio contraditório, mas você já parou para pensar que existem uma série de fatores que influenciam o torcedor de ir até o estádio? O São Paulo infelizmente desmotivou o torcedor. Se nos últimos jogos do Paulista, lutamos para sair com um empate com times “sem expressão” o que era esperado em um jogo de Libertadores?! E o horário? E o PREÇO?

Lugar de torcedor é no estádio, mas não esqueçam de abaixar os preços para que pelo menos o torcedor pense em sair do sofá e abra a carteira sem se preocupar com a sua situação financeira. Em tempos de crise, mas vale assistir do sofá do que ver o time sofrendo por uma vitória.

Até eu, que gastei meu rico dinheirinho para estar ali, na arquibancada, sai do estádio rindo a toa do 6×0. Só espero que outros torcedores tenham essa experiência  nas partidas futuras e o São Paulo não decepcione. Pagar e ver goleada é fácil, difícil é pagar caro para sofrer.

Por: Carolina Sbrici
@carolisbrici