A Páscoa está no ar… domingão de clássico, já sinto o cheiro da união familiar, e a busca das crianças pelo ninho do coelho. A troca de chocolates é uma tradição incrível e uma celebração muito especial, entrando nesse ritmo, me lembro dos famosos chocolates do meio futebolístico – alguns é melhor nem serem lembrados (risos).

Se pudesse escolher hoje entre ganhar um ovo daqueles bem recheados que se come com a colher ou escolher ver meu time golear, escolheria ver meu time dar um chocolate nos adversários. Estamos com saudades das grandes goleadas. Hoje seria delicioso e bem digerido para todo nós, aquele chocolate dentro de campo.

imagem divulgação 

Aqui vai uma receita para o domingo de páscoa: Pitadas de entusiasmo no time todo, uma boa dose de raça, aquela fome de vencer, entrosamento entre os jogadores, um técnico melhor que pare de insistir tanto em jogadores que estão merecendo ficar na reserva, pausa em mudança de posicionamento que não estão dando certo (já teve jogos suficientes para entender isso), uma diretoria que se preocupe mais com o clube e com a nossa história, e acrescentando no final a boa fase do maestro (mesmo fora do jogo contra o Santos nesse 27/03).

Se tudo der certo, a torcida se lambuzaria, vitória e receita finalizada! Fica  a missão para o ataque do desjejum de goleadas, vamos atacar, vamos levar perigo, vestir a camisa, sujar o calção e finalizar com gols!

À toda nação São Paulina, o desejo de uma Páscoa abençoada.

Por: Débora Souza
deby_souzza