Saudações Tricolores!

Historicamente e socialmente nós mulheres não somos condicionadas a nos interessarmos por futebol. Enquanto meninas ganham bonecas, conjunto de chá e panelinhas meninos ganham bolas, chuteiras e são amplamente incentivados a jogar futebol. 
Felizmente aos poucos vemos esse cenário mudando. Hoje frequentamos escolhinhas de futebol, acompanhamos os mais diversos campeonatos, temos jogadoras reconhecidas internacionalmente que dão um show dentro de campo, frequentamos estádio e acompanhamos de perto o desempenho de nossos clubes do coração.
Em um levantamento do site globoesporte.com em Maio de 2015 já representávamos quase 18% do total de sócios torcedores no Brasil. Os clubes com maior número de associadas são Inter e Grêmio, cada um com 25% do total de sócios.
Abaixo a tabela com o ranking de participação de associadas dos 12 clubes mais populares do Brasil de acordo com o site:
Participação
de mulheres em sócios-torcedores (junho de  2015)
Grêmio 25%
Internacional 25%
Corinthians 20%
Santos 17,5%
Cruzeiro 15%
Fluminense 15%
Palmeiras 12%
Botafogo 10%
São Paulo 10%
Atlético-MG 9%
Flamengo 8%
Vasco 7%
Reprodução: globoesporte.com – Fonte: departamentos de marketing dos clubes. 
Comparados aos clubes listados pelo site apenas 10% dos associados do São Paulo eram mulheres na época do levantamento, um número muito pequeno. 
O programa sócio torcedor do São Paulo realizou no ano passado ação voltada para as associadas em comemoração ao dia internacional da mulher. A ação #BoraProTreino selecionou 25 sócias-torcedoras para assistirem ao último treino da equipe antes do majestoso contra o Corinthians. Já no dia do jogo as sócias adimplentes puderam assistir ao jogo de graça e seus acompanhantes pagaram um preço diferenciado para assistirem o jogo no mesmo setor. 
Foi um bom começo, mas creio que precisamos de mais ações do clube para chamar a atenção  do público feminino ao programa sócio torcedor e torná-lo ainda mais próximo do clube. 

Por: Andréia Silva