Autor do único gol da vitória heróica que levou o São Paulo para próxima fase da Libertadores, Rogério é indiscutivelmente um jogador que merece ser valorizado por Bauza, pela diretoria e pela torcida, além de ser merecedor de uma vaga como titular na equipe tricolor pelos seguintes motivos:
1. É decisivo  Rogério não decepciona quando entra em campo. A prova disso é que em seu primeiro jogo pelo São Paulo, ele fez os dois gols da vitória diante do Internacional, além de nunca ter feito uma partida ruim com a camisa tricolor;
2. Não se importa em jogar pela direita  embora ele jogue mais pela ponta esquerda, Rogério afirmou, logo quando chegou no Tricolor, que gosta de jogar pelas beiradas independentemente do lado;
3. Tem nome de M1TO – José Rogério de Oliveira Melo. Rogério Mücke Ceni. Parece que é um critério para ser craque ter “Rogério” no nome;
4. É um poço de humildade – Rogério se mostra humilde diante de todos: companheiros de equipe, dirigentes do clube, jornalistas, comissão técnica e etc, e mesmo tendo feito o gol da classificação na quarta, não se vangloriou;
5. Respeita seus companheiros de equipe e a torcida – diferente de alguns jogadores do elenco, Rogério é bem respeitoso com a torcida tricolor, entrosado com os companheiros de equipe e costuma sempre apoiar seus colegas de time nas entrevistas pós-jogo;
6. Não faz corpo mole nos treinos  desde que chegou, Rogério sempre treinou forte e se mostrou entusiasmado, mesmo não tendo muitas chances de jogar de lá para cá;
7. Tem disposição e raça – desde a época em que Osorio estava no comando do São Paulo, o camisa 17 se mostra disposto para dar seu melhor em campo – e ele realmente dá. Parece que esse daí estudou na “Escola Lugano”;
8. Acertou 70% dos dribles no Brasileirão em 2015 – ao contrário do Centurión, que parece não conhecer a Lei de Newton (dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço ao mesmo tempo), Rogério driblou com facilidade os marcadores nas partidas que jogou pelo São Paulo no Brasileirão do ano passado;
9. É habilidoso e rápido  o atacante pernambucano é caracterizado por ser um jogador velocista, driblador e perder poucas chances de gol;
10. É são-paulino desde criança – em uma entrevista condedida ao Globo Esporte em dezembro do ano passado, Rogério revelou ser são-paulino de coração desde a infância e mostrou ter o M1TO Rogério Ceni como ídolo e uma grande referência.
Abre o olho, Patón! Rogério é o nosso ouro!

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Por: Nathalia Perez
Fique por dentro das nossas redes sociais:
Facebook: /SPFC1935
Instagram: @spfc1935oficial