Saudações Tricolores!
Para quem estava com saudades de ver o Soberano jogar, na última Quarta (20) tivemos o amistoso entre Cer ro Porteño e São Paulo.
Não foi um jogo cheio de lances espetaculares, mas para um início de temporada onde os jogadores ainda estão em preparação física e se adaptando ao estilo do novo treinardo, a vitória por 1 x 0 foi merecida e importante para motivar os jogadores e para animar o torcedor.
E a “estréia” do clube na temporada marcou também a estréia do novo treinador do clube, o argentino Edgardo Bauza.
Acredito que todos estavam curiosos para saber de que forma o treinador armaria o time nessa primeira partida do ano.
Equipe do São Paulo no Amistoso contra o Cerro Porteño. Créditos: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Com fama de “retranqueiro” Bauza apostou no 4-2-3-1, o que não funcionou muito no primeiro tempo uma vez que os alas na partida Michel Bastos e Centurión  não apareceram tanto e Kardec, único atacante do time em campo, esteve muito marcado. A única grande chance de gol que tivemos foi desperdiçada por Mena.

Mas logo no início do segundo tempo, no primeiro minuto do jogo, Thiago Mendes brilhou mais uma vez em campo. O volante encheu o pé de fora da área e fez um golaço!
Na segunda etapa Bauza  mexeu no time algumas vezes, tirou Centurión para a entrada de Carlinhos, Ganso para a entrada de Wesley, Mena para entrada de Reinaldo, Michel para entrada de Rogério, o autor do gol Thiago Mendes para a entrada de Wilder e Hudson para a entrada de Lucão.
As alterações atrapalharam o andamento do time e o placar terminou em 1 x 0 para o Soberano.

Um ponto muito positivo desse amistoso foi a volta de Breno a zaga do time. Após recuperação de uma artroscopia no joelho direito, o Monstro jogou os dois tempos, saindo aos 44 do segundo tempo após expulsão.

Apesar da falta de ritmo, justificável por conta de estarmos no início da temporada,a equipe no geral foi bem.  Se Juan Carlos Osorio era inventivo improvisando jogadores em posições diferentes de suas posições de origem e se o estilo de jogo do ex-técnico tricolor era mais veloz e voltado para o contra-ataque a filosofia de Bauza se contrapõe a isso uma vez que o técnico por segurança, por passes curtos e um jogo mais cadenciado.
Ainda é cedo para julgar se o estilo de jogo de Bauza dará certo ou não no São Paulo, mas o que podemos ver é que aos poucos ele vai imprimindo seu estilo nos jogadores da equipe.
Teremos um novo jogo-treino amanhã (26) contra o Boa Esporte de Minas Gerais às 10:00hs no estádio do Pacaembu. Será uma nova oportunidade para o novo técnico são paulino testar suas opções.
A nós torcedores  resta aguardar a chegada dos novos reforços, a finalização da preparação da equipe e a tão esperada volta de DIO5 aos campos.
Por: Andréia Silva

Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter