Saudações Queridos Leitores!
          O time feminino da Ferroviária/Fundespot (de Araraquara-SP) foi campeão da Libertadores da América com uma vitória sobre o Colo-Colo (Chile) por 3 a 1 no domingo dia 8.
 O jogo, realizado no estádio Atanásio Girardot, em Medellín (Colômbia), teve um público de 500 pessoas. O time paulista é a primeira brasileira a ganhar o torneio em outro país. Isso porque os outros campeões, Santos (2009-2010) e São José (2011-2013 e 2014), venceram no Brasil. A terceira colocação da Libertadores ficou com a equipe argentina da UAI Urquiza, que venceu o São José (atual campeão do mundo) nos pênaltis por 5 a 6.
 A campanha da Ferroviária teve quatro vitórias – 5 a 0 contra Espuce (Equador), 4 a 0 contra Colón (Uruguai), 1 a 0 contra São José (na semi), além da vitória na final. O time de São Paulo garantiu vaga para participação inédita na Libertadores 2015 após vencer a Copa do Brasil em 2014.
       O primeiro gol das campeãs saiu aos 20 minutos. Tábatha fez o gol após desviar de cabeça o cruzamento de Adriane Nenê. Em ataque seguinte, a dupla aumentou o placar. Adriane Nenê cruzou de novo para a artilheira, que marcou o segundo dela de peixinho. Aos 44 minutos, ainda do primeiro tempo, foi a vez da lateral Barrinha driblar a goleira chilena para marcar o terceiro.         O Colo-Colo descontou dois minutos depois, de pênalti convertido por Glória Villamayor. A Ferroviária estava há 402 minutos sem tomar gols. No segundo tempo, o time brasileiro segurou a reação e pôde comemorar o título.
Parabéns às meninas do Ferroviária e vamos que vamos!
Até a próxima!
Por: Tamyres Silva
@TamyresCecilia
Fonte: www.ebc.com.b