A situação do São Paulo, para mim, já ultrapassou a racionalidade.Sublimei e levei para o abstrato.

Má gestão, trapalhadas, desencontros, falta de dinheiro… E assim vai a lista de motivos para estarmos nessa crise que parece não ter fim.

Ai né, fiquei pensando quem mais seria “culpado” desse momento horroroso  tricolor e entrei para a minha própria lista!

Notei que não faço mais meus rituais da vitória, que mancada.

Em 2013, um torcedor colocou sal grosso nas escadarias do túnel do Morumbi. Lembra?
Achei no Guia dos Curiosos, as superstições do futebol, mais famosas. Óbvio que o site listou 13 lendas, por causa do Zagallo, o cara mais pé-de-pato-mangalo-três-vezes do nosso futebol:

1. Lelé da cuca?
Até conquistar a Copa Libertadores da América pelo Atlético-MG em 2013, Cuca era visto apenas como um técnico azarado, cujas equipes jogavam como nunca e perdiam como sempre. Mas não era por falta de superstição: segundo alguns jogadores já comandados pelo treinador, ele não permitia que o ônibus da equipe andasse em marcha ré com os atletas dentro.  Além disso, existem boatos de que não se alimenta de animais que ciscam para trás. Tal história jamais foi confirmada, mas mesmo assim acompanha o folclórico e agora vencedor Cuca.

9. Uma noiva em apuros
Na Seleção Argentina que disputou a Copa de 90, a superstição não ficava apenas entre os jogadores. O técnico Carlos Bilardo também tinha suas manias. A principal delas foi descoberta na véspera do jogo contra o Brasil, quando um casamento foi realizado no hotel em que os argentinos estavam hospedados. Na ocasião, o treinador, que enxergava em noivas um símbolo de sorte, obrigou a moça que estava se casando a cumprimentar seus comandados.

10. Para inglês não ver
Um grande mágico sempre esconde seus segredos. E um grande artilheiro esconde seus gols, certo? No caso de Gary Lineker, sim. Isso porque o centroavante inglês jamais chutava a gol durante o aquecimento para as partidas, pois tinha medo de “gastar” seus gols mais bonitos em ocasiões que nada valiam.

13. “Zagallo e sorte” tem 13 letras
Este lugar da lista não poderia pertencer a alguém que não seja Mário Jorge Lobo Zagallo. Talvez o mais famoso supersticioso do futebol mundial, o ex-jogador e ex-treinador da Seleção Brasileira cultiva uma relação especial com o número 13. A superstição nasceu graças à sua esposa, que era devota de Santo Antônio, santo da Igreja católica celebrado justamente no dia 13 de junho. 

E você, quais são seus ritos? Tá esquecendo de fazer que nem eu é?!?


Por Rob Santana