No próximo final de semana, o São Paulo e o São José medirão forças no primeiro jogo em busca do título do Campeonato Paulista Feminino de 2015. Portanto, nada mais propício do que falarmos sobre as equipes protagonistas deste confronto e pontuarmos 3 bons motivos para você torcer para uma delas.

Foto: Felipe Kyoshy

De um lado do campo, como visitante, as atuais campeãs do mundo e uma das equipes femininas com maior tradição na modalidade. Por que torcer pelo São José Esporte Clube?

1. O time feminino do São José foi criado em 2001 e 10 anos depois, ganhou projeção internacional. Com 14 anos de existência, o São José coleciona títulos bastante expressivos, como 2 Libertadores e 1 Campeonato Mundial (conquistado ano passado);
2. É o único time do Campeonato Paulista comandado por uma mulher: Emily Lima. A técnica joseense tem uma vasta experiência no futebol feminino (mais de duas décadas) por ter sido jogadora por 15 anos (inclusive, jogou no time feminino do São Paulo até os anos 2000) e ter 5 anos de muito trabalho como treinadora (treinou o sub-15 e o sub-17 da seleção brasileira);
3. Uma das maiores referências mundiais no futebol feminino e craque da seleção brasileira, Formiga, jogou até pouco tempo na equipe do São José e ajudou o time a conquistar títulos como o bicampeonato da Libertadores e duas Copas do Brasil.
Foto: Facebok do time feminino do São José

Do outro lado, como time da casa, um time que está em vias de ser extinto mais uma vez e a tentativa de recuperar a tradição gloriosa do clube no futebol feminino. Por que torcer pelo São Paulo Futebol Clube?

1. O São Paulo retomou as atividades do time feminino pouco tempo antes do início do Campeonato Paulista. Portanto, o elenco ainda não estava entrosado, mas, mesmo assim, as meninas seguiram invictas no torneio por mais de 13 rodadas, o que deixa claro que o elenco tricolor é muito forte;
2. As atletas são comandadas pelo técnico Marcelo Frigério, treinador renomado no futebol feminino e que já treinou times com forte tradição, como o Kindermann (ganhou o campeonato estadual, a Copa do Brasil Universitária e levou o time à final do Brasileirão), a seleção da Guiana Equatorial durante Copa do Mundo de 2011, e a própria seleção brasileira (com a qual conquistou o título Mundial Universitário em 2001);
3. Mesmo com os salários atrasados por meses e com o clube e a patrocinadora tendo fechado os olhos para elas, o time não levou os problemas extracampo para os gramados e sempre se mostrou muito determinado e profissional. 
Foto: Suseli Honório

E aí? Já escolheu para qual das equipes vai sua torcida? Independente de qual você vai torcer, não deixe de ver que ambos os times são merecedores do título estadual e tenha em mente que o futebol feminino precisa de torcida e apoio sempre, no campeonato que for, seja em jogos decisivos ou não.

Fontes consultadas: Globoesporte.com e Wikipedia

Siga no Twitter: @nathaliaperez e @SPFC1935