Parece que vai demorar nossa saída do buraco.
Crise financeira, emocional, tática, de elenco, de gestão… Salve-se quem puder!
Como sair desta situação?
O time não para de vender jogadores e está repondo elenco com a base, o que por um lado é interessante, mas por outro quando é que o time vai entrosar?
Eu sou sempre a mais otimista, mas confesso que agora não estou conseguindo. Nem a tal da luz no fim do túnel ando vendo.
Sem brincadeira, só o amor pelo clube pode mudar alguma coisa.
O amor dos jogadores, que sabe-se lá que condições estão dentro do clube, mas que consigam entrar em campo e jogar o futebol honrando a camisa.
O amor dos dirigentes, que coloquem as finanças em ordem e diminuam as bobagens feitas agora e antes.
O amor do torcedor, não abandonando o time nesta hora.
Enfim, não vejo a hora de me sentir inspirada a escrever novamente.

Por Roberta Santana