Pra você foi alguma novidade todo o escândalo de propinas e
prisões?
Pra mim foi novidade saber que estavam investigando.
E logo o Fifagate deve aterrissar no Brasil.
Para não cometer deslizes ou esquecimentos, vou usar parte
de uma super matéria feita pelo jornal Folha de S.Paulo. Olha só:
A Fifa nos últimos anos, sofreu acusações de corrupção, particularmente
no processo de escolha da sede da Copa do Mundo de 2022. A Copa gera milhões
de dólares de lucro em receita.
A justiça norte-americana investiga suposto pagamento e
recebimento de suborno em um patrocínio da CBF para uma grande empresa de roupas
esportivas dos EUA.
Essa puxada de freio de mão que os times deram depois do
Mundial 2014, revendo suas dívidas, gastando menos e etc, nunca me pareceu uma
lufada de bom mocismo.
Sinceramente, sempre imaginei que havia algo de podre no reino do futebol.
Depois da Copa no Brasil, em que pudemos ver de perto, como
a Fifa trabalha, eu ansiava por um momento como este. Especialmente pela não
escolha do Morumbi como estádio para os jogos e toda a nebulosa construção de
você sabe quem.
Sem falar na não convocação do nosso menino Lucas, que é
patrocinado por outra empresa que não faz parte da panelinha (pelo menos até o
momento).
O torcedor tem que gostar e valorizar este momento. Vamos acompanhar
de perto o que está acontecendo. Espero muito que esta investigação faça do meu
esporte preferido um lugar melhor.

Por: Rob Santana