Torcedor é um ser engraçado. Como somos volúveis e passionais.
Pedir um momento de lucidez na vitória ou na derrota é praticamente uma coisa impossível.
Mas, não somos todos iguais. Engana-se quem tenta nos colocar no mesmo balaio. Somos sim, apaixonados, mas cada com seu jeitinho!
Vejamos alguns tipos:
#1 O fanático
Futebol é seu nome e o time o sobrenome. Ele coleciona camisas do seu time, pôsteres e os milhares de ingressos que guardou das vezes que foi ver seu time no estádio. Está por dentro de todas as questões que envolvem o clube mesmo fora dos gramados. É aquele que reclama da diretoria do clube e geralmente é o que mais sofre com as derrotas. Sua memória é impressionante, pois ele se lembra de lances que aconteceram em jogos bem antigos, assim como resultados. O número de títulos dos clubes esta na ponta da língua para poder zoar o rival.
#2 O apressadinho
Seu time faz um gol aos 5 minutos do primeiro tempo e ele já começa a mandar mensagens nos celulares e nas redes sociais zoando os amigos e dizendo “pintou o campeão”. Depois o time sofre uma virada e ele fica quieto como se não tivesse acontecido nada.
#3 O otimista
O time dele está uma droga e o jogo é difícil, mas mesmo assim ele acredita na vitória, afinal, o futebol é uma caixa de surpresas e a esperança, principalmente de torcedor,é a última que morre.
#4 O pessimista
Por mais que seu time esteja em boas condições, ele já admite a possibilidade da derrota. É o profeta da desgraça e faz questão de endossar quando o placar é definido: “eu avisei, eu já sabia!” 
#5 O supersticioso
Simplesmente ir ao estádio ou ligar a TV não é suficiente pra esse tipo de torcedor. Ele leva um terço para arquibancada e é flagrado pelas câmeras de olhos fechados, rezando e beijando o objeto. Quando não vai ao estádio prepara uma série de itens ao redor da televisão porque acredita que aquilo trará sorte. Se o time perde e por alguma razão não pôde ser feito o ritual, ele se sente culpado.
#6 O soberba
Ele menospreza qualquer adversário porque seu time tem vários títulos. Quando o clube vai jogar a Copa do Brasil e perde pra um time que ninguém nunca ouviu falar, essa é sua desculpa. Não importa que perdeu porque seu time é campeão disso, daquilo e blá, blá, blá. 
#7 O injustiçado
Esse procura desculpa em cada detalhe para justificar a derrota do seu time. Acredita que a derrota só veio porque teve uma conspiração e é claro que o juiz estava comprado. “Se ele tivesse dado aquele pênalti o jogo teria sido diferente!”, “Se o goleiro não tivesse falhado…” e “se” é sua palavra preferida.
#8 O técnico
Claramente esse tipo de torcedor poderia substituir o treinador do seu time. Ele sabe todas as táticas, o potencial de cada jogador e sabe quando o técnico mexe errado. Quando o jogo termina ele é o responsável por liderar a mesa redonda ao começar a análise técnica do jogo com seus amigos.
#9 Turma do amendoim
Esse nome surgiu com o técnico Felipão em sua primeira passagem pelo Palmeiras e é um apelido para aqueles torcedores que ficam atrás do banco de reservas xingando e infernizando a vida do técnico e dos jogadores. Apesar de se tornar propriedade do torcedor palmeirense, o nome é usado para todo tipo de torcedor com essa característica. Ele vive fazendo críticas e é quem puxa do meio da torcida aquele grito de burro para o técnico, que se espalha pelo estádio inteiro.
Fonte: ÁreaH
Por Rob Santana