Para evitar e prevenir lesões nessa temporada, o São Paulo fez uma contratação de peso na recuperação dos atletas, o aparelho Vipeform. É um produto criado por uma empresa australiana, que faz um mapeamento das atividades dos jogadores, fazendo com o que o clube faça uma programação individual.

O aparelho é colocado no osso da canela, a tíbia, e conforme o atleta se movimenta é feita a transmissão de dados sem fio a um aparelho que é colocado no braço, que envia os sinais para um computador onde se armazena todas as informações.

A corrida é um situação onde ele vai ser bastante útil, pois o aparelho monitora qual perna é mais forçada nas passadas. Com todas essas informações nas mãos, os preparadores físicos e fisioterapeutas sabem que determinado membro precisa ser mais fortalecido, deixando o atleta longe de lesões.

O aparelho também auxilia na recuperação de uma lesão, pois ele mostra como o atleta se comporta, deixando mais fácil as sessões de fisioterapia e fortalecimento muscular, diminuindo o prazo de ausência dos gramados.

Os exames no laboratório ainda vão ser uteis para quando necessitar de algo mais especifico, porém ele vai auxiliar bastante, principalmente na pré temporada, onde o foco de cada atleta é diferente mesmo fazendo o mesmo tipo de exercício. Além disso, o aparelho é bem pequeno e não incomoda os jogadores.

Por: Bianca Lamattina
@spfc1935 @bialamattina