No início de 2014 nós tivermos a oportunidade de entrevistar o Dr. Aidar e ele contou para nós como será o seu mandato no tricolor. 

     Nosso primeiro assunto foi sobre a reforma do Morumbi, que muito foi se falado no ano passado, mas ainda não tem uma situação definida. “São 12 estádios novos e nós vamos ser o 13º, nós que fomos o 1º vamos ser o 13º, se fizermos a reforma vamos voltar a ser o 1º e vamos superar todos os outros”, disse Aidar.

Bianca – Gostaria que o senhor falasse sobre a reforma do Morumbi:
Aidar – Nós tivemos uma grande decepção com a oposição do São Paulo, pois eles foram a reunião do conselho que estava prevista para votar sobre isso e não entraram no plenário, e os sócios ficaram muito bravos com eles, porque não é só o coroamento do Morumbi com a cobertura, são 2 prédios de estacionamento e ampliação do atual, são 2.000 vagas para automóvel que vai servir para sócio e torcedor em dia de jogo, vai acomodar todos os carros. 




   Aidar também comenta que irá ser realizada uma nova audiência nesse sentido, e que ele espera que tudo de certo e que seja aprovado, se não outras alternativas terão que ser realizadas. “O presidente Juvenal vai ter que buscar outra alternativa que possivelmente será a reforma do Estatuto Social, porque não tem outra alternativa.” disse o candidato.




Aidar – Não pode deixar de fazer isso, é necessário, se não o Morumbi vai ser um estádio só para o São Paulo mandar jogos, não vai servir para outra coisa, todos os eventos vão para o Parque Antártica ou para o Parque São Jorge que serão arenas novas e o São Paulo vai ficar superado. A primeira inauguração do Morumbi foi em 1960 e a segunda em 1970, teve a reforma das cadeiras, situação interna, mais só, não é uma coisa moderna, esses outros vão ser.






    O candidato também nos contou sobre como pretende trabalhar com o time e conta sobre as dificuldades de se trabalhar em um ano de Copa do Mundo no Brasil.


Bianca – Sobre futebol? Como fica o time, elenco?
Aidar – Nós temos um ano muito dificil em 2014, uns chamam de um ano atípico, porque tem a Copa do Mundo, eu digo que não é porque a cada 4 anos tem Copa do Mundo, o que é atípico é o tempo de paralisação, porque nós vamos sediar a Copa do Mundo, esse é o problema. Você tem o Campeonato






Paulista que começa logo depois da Copa São Paulo de Futebol Junior, começa sem muita motivação, porque a cabeça de todos nós está na seleção brasileira, jogadores vão estar treinando com a seleção e não vão estar servindo os clubes. Vai ser muito mais cultivado pela rivalidade do que pela importância de ganhar mais um título paulista. Ai pausa para a Copa do Mundo e depois tem a ressada da Copa.

   Aidar ja tem em mente como planejar seu trabalho com o time nesse ano tão complicado. “Tem que fazer um planejamento agora antes da eleição para assumir em Abril, e assim planejar algo para o segundo semestre de 2014, tentar montar um grande time, e trazer quem chegou para ser titular, e não disputar a posição, o treinador precisara entender isso.” disse Miguel Aidar.

    “Antes de qualquer coisa eu sou são paulino desde que nasci.” disse Aidar. Ele comenta uma história curiosa sobre seu nascimento, você sabia que o candidato é sócio número 96 do tricolor? Ele explica porque.
                              


Aidar- Eu nasci são paulino antes de existir legalmente. Eu nasci e meu pai foi me registrar no cartório, chegando lá estava fechado, e do lado era a sede do São Paulo, na Avenida Ipiranga, não existia Morumbi, me registrou sócio, e no dia seguinte registrou meu nascimento. Eu sou sócio número 96 do São Paulo.



Bianca – Deixe um recado para o torcedor são paulino:
Aidar –  A minha experiência que eu já desenvolvi no passado e os trabalhos que eu já fiz pro São Paulo, seja como presidente ou como consultor, me deixam absolutamente tranquilo para que eu possa fazer muito mais agora. Eu acredito que eu tenha condição de montar um grande time para o segundo semestre  de 2014, um time para ser campeão e arrebentar de 2015 em diante.




   Gostariamos de agradecer o Dr. Miguel Aidar e seu Assessor Marcos Roberto  por nos receber em seu escritório, e confiar no nosso trabalho.





Reportagem: Bianca Lamattina
Fotos: Victor Antonini

Por: Bianca Lamattina
@spfc1935 @bialamattina