Saudações, Soberanos!

Trazemos para vocês uma entrevista inédita com o torcedor Fabio Brazza, cantor brasileiro que lançou junto a um canal do Youtube um polêmico vídeo com uma “batalha” de Mc’s: Corinthians x São Paulo.



Idealizado pelos “Desimpedidos”, o vídeo já é um sucesso com milhares de visualizações e compartilhamentos em vários meios de comunicação. Na presente entrevista podemos entender melhor como surgiu tal ideia, conhecer melhor o artista e também saber de seus planos musicais futuros.
Quando começou sua história com o SPFC?
Fabio Brazza: Meu pai é Palmeirense e minha mãe São Paulina, porém foi a proximidade com meus primos São Paulinos que me fez virar São Paulino, até porque eu nasci nos anos noventa e essa foi a fase áurea do São Paulo de Tele e Raí, bi campeão Mundial e da Libertadores! Sempre amei jogar bola e tinha o sonho de jogar no São Paulo, cheguei a fazer vários testes, mas nunca passei.

De quem foi a idéia de gravar o vídeo?
Fabio Brazza: A idéia de gravar o vídeo foi dos Desimpedidos (canal do Youtube), eles conheceram meu trabalho como rapper e me chamaram pra fazer um conteúdo pra eles com essa idéia de batalha entre clubes.

Por que a escolha de gravá-lo contra o rival Corinthians?
Fabio Brazza: Porque é uma grande rivalidade e pra mim seria a mais fácil de escrever porque eu sou São Paulino e sei o que um time precisa falar para zoar o outro!

Vocês achavam que o vídeo teria tal repercussão?
Fabio Brazza:
Como o canal dos desimpedidos já tem muitos inscritos eu esperava que pelo menos dos100 mil views o vídeo pudesse passar, porem o vídeo já foi bem mais longe e visualizado em outras páginas que deram download do vídeo, a pagina de um cara tinha mais de 126 mil compartilhamentos! Até no Whatsapp visualizaram, vários amigos dizendo que receberam por whatsapp e se surpreenderam ao me ver! Meu primo mais novo descobriu o vídeo porque viralizou na escola dele, ai ele disse que eu era o primo dele e ninguém acreditou. Neste domingo fui cantar num lugar e todo mundo reconheceu eu e meu amigo Dom 247 (o corintiano) pelo vídeo! Fiquei feliz mesmo com a repercussão e não esperava tanto!

Vocês já trabalharam em outros projetos conjuntamente ou foi apenas este? Pretendem gravar outros?
Fabio Brazza:
Já trabalhamos em outro do Fuleco vs Black Bloc que acabou não viralizando tanto quanto esse e pretendemos gravar mais batalhas, fazer deste conteúdo um programa frequente do canal dos desimpedidos. 

Você como M’c, tem outras produções voltadas ao futebol? E mais precisamente para o SPFC?
Fabio Brazza:
Tenho outras produções voltadas para o futebol como a musica Maria chuteira que também por coincidência fiz em parceria com o Domenico ou Dom 247, que é o corintiano do vídeo e também meu melhor amigo. Do São Paulo foi minha primeira produção até porque em minhas músicas de trabalho prefiro evitar falar de política e futebol de uma maneira especifica aonde eu me identifique com um partido ou equipe, porque isso é muito pessoal e geralmente causa muita controvérsia. Para os Desimpedidos foi diferente, pois como não é uma musica de trabalho e é voltado para o humor não vi problema em me expor dessa maneira.

Foi demorado o planejamento de tal projeto e gravação ou a ideia surgiu de repente?
Fabio Brazza:
Cada qual compôs a parte que cantaria na música?
O planejamento do projeto das batalhas entre equipes vem desde antes da Copa e eu já
escrevi varias batalhas de outros times, porém assim que foi decidido gravar a batalha precisamos de dois dias só, um para gravar o áudio e o outro as imagens. Curiosamente como toda batalha que estou escrevendo eu escrevi para os dois lados e pedi auxilio do Dom 247 para me ajudar na parte do Corinthians, pois por não ser corintiano eu não queria ser imparcial na batalha, no entanto a maioria das pessoas diz que o São Paulo ganhou e por mais que eu fique feliz com isso pois sou São Paulino essa não era minha intenção, talvez na hora de escrever inconscientemente eu tenha puxado a sardinha para o São Paulo. 

O que você acha da fase que o time atravessa? Alguma sugestão para que ele melhore?
Fabio Brazza:
Eu acho que o São Paulo tem grandes jogadores, mas falta regularidade, não sei exatamente o que precisa para que haja essa regularidade, mas talvez criar um padrão de jogo mais bem definido. Eu amo o Muricy, mas às vezes acho que porque ele tem muitas opções de jogador e esquemas táticos para criar ele ainda não conseguiu criar um padrão de jogo em que ele repita os mesmos jogadores e o mesmo esquema. Acredito que se o São Paulo mantiver esse time com o tempo o time vai ficar mais forte.

O que falta para o São Paulo Futebol clube ser considerado o melhor time de todos?
Fabio Brazza:
O São Paulo já é o melhor time de todos! Um time é representado por seus títulos e nós somos o time brasileiro com maior numero de títulos da Libertadores, Mundial e Brasileiro, que são os mais importantes.

Apesar de rivais, pudemos perceber após a gravação que existe respeito entre vocês como profissionais e também como torcedores. Você gostaria de deixar um recado ao nosso amigo torcedor sobre o respeito necessário entre membros de torcidas distintas?
Fabio Brazza:
Pra começar o Corintiano do vídeo o Dom 247 é o meu melhor amigo, isso já é a prova que é possível ser muito amigo de alguém que torça por um time rival. Acredito que o segredo é o respeito e carinho que temos pelas virtudes pessoais um do outro, que são os pilares de uma amizade e vão além de qualquer diferença social, racial ou ideológica o que inclui política e futebol. Acima de tudo eu sou um amante do Futebol e já joguei futebol pelo mundo inteiro, ganhei bolsa de estudos para jogar para uma Universidade nos EUA, na minha equipe de lá tinha gente de Camarões, Nigéria, Inglaterra, México… Enfim já joguei pela divisão de base do Palmeiras, já viajei para Coreia para jogar bola, já viajei para China, Tailândia, Vietnam e Camboja com uma bolinha de futebol na mala que era o que me ajudava a fazer amigos! Durante minha vida e minhas andanças por ai eu descobri que o que eu mais amo no futebol é a capacidade que ele tem de unir povos, raças e classes diferentes! É impressionante o poder que ele tem de unir pessoas e viajando pela Ásia por não saber falar a língua dos povos de lá foi o futebol que me capacitou a se relacionar com eles e rir com eles e me sentir amigo de pessoas que não tinham absolutamente nada de semelhante comigo a não ser o amor pelo futebol! Por isso é muito triste ver que tem pessoas que são tão fanáticas que acabam corrompendo e degradando o maior valor que o futebol tem e ao invés de unir acabam separando.

Por: Tamyres Silva

Agradecimentos: Fabio Brazza