Em meio a grandes clássicos e competições nacionais e internacionais, o estádio Cícero Pompeu de Toledo, mais conhecido como Morumbi, ainda se enquadra entre os melhores estádios para se jogar do país.

Em uma pesquisa realizada pela Datafolha e encomendada pela Odebrecht Properties, foram ouvidos 286 jogadores e 6 técnicos de 20 clubes da série “A” que disputaram o Brasileirão.

Nessa pesquisa foram avaliadas as condições que os jogadores julgam adequadas para se trabalhar, lembrando que só puderam atribuir as notas, os atletas que já conhecem as arenas relacionadas.

Confira as 5 arenas que oferecem as melhores condições aos jogadores:

1º Maracanã (RJ) – 9,4
2º Mineirão (MG) – 9,4
3º Arena Fonte Nova (BA)  9,2
4º Morumbi (SP) – 9
5º Arena Pernambuco (PE) – 8,8

O monumento Tricolor assumiu a 4ª posição do ranking escolhido pelos jogadores com a nota de média 9, em uma escala de 8 a 10. Fato bastante curioso quando comparado com o ano passado, onde o Morumbi assumiu a 1ª colocação pelo segundo ano consecutivo.

Mas o que pode ter levado o Morumbi a essa queda na preferência dos jogadores? De fato temos uma casa impecável, com instalações e vestiários modernos, que recebem os clubes de forma confortável. Além de contar com um gramado sempre límpido e em constante manutenção, o que ajuda os atletas a desempenharem melhor as suas atividades. Não esquecendo também dos camarotes, loja com produtos oficiais do clube, academia, entre outros. Diferente das arenas que lideram o ranking, na qual foram reformadas com instalação de primeira, para receber os jogos da Copa do Mundo. Talvez isso tenha sido o principal diferencial?

Sabemos que existem diversos projetos para a cobertura e melhorias do estádio Cícero Pompeu de Toledo, mas enquanto isso não acontece, devemos preservar aquilo que é nosso, a nossa casa. Que sempre nos recebe de braços abertos e, na minha singela opinião, é o melhor estádio para se jogar e acompanhar jogos do Brasil!

Por: Mariana Telhada