Meia recebe a Bola de Prata da Revista Placar

 

E a volta por cima de Paulo Henrique Ganso foi coroada com a Bola de Prata entregue esta noite (8/12).

O prêmio dado pela Revista Placar avalia os jogadores ao longo de toda a temporada, com notas de 0 a 10 nas 380 partidas da competição.
Apelidado pelo elenco tricolor de Google, Ganso acha tudo em campo e fica com a 2ª posição entre os meias.
 
Peça essencial ao nosso meio de campo, o Maestro foi presença constante ao longo do ano na escalação do Tricolor.

Além dos cinco gols que marcou, ainda atuou como ótimo garçom e distribuiu oito passes decisivos para gol neste Brasileirão. 

As atuações de gala e a genialidade renderam elogios dos companheiros, como Kaká e Rogério fizeram em entrevistas e programas de televisão.

O prêmio ratifica o potencial que o São Paulo enxergou quando a direção do clube apostou no jogador que estava parado na Vila Belmiro.

Como falamos há algumas semanas atrás, na coluna Reffis 1 x 0 Santos (leia aqui), os cuidados e a estrutura já conhecida do time são-paulino, Ganso deu a volta por cima, a ‘incurável’ lesão finalmente foi vencida e o Maestro virou um ‘jogador de aço’. O meia é o jogador de linha que mais atuou pelo São Paulo em 2014.

Além do Maestro, Rafael Tolói também ganhou a Bola de Prata. Com apenas 17 jogos e de volta ao Morumbi depois de empréstimo ao Roma, ele não largou mais a titularidade do time dirigido por Muricy Ramalho.   

Siga nos
@SPFC1935
@rob_santana