A cabine 9, utilizada pela Rede Bandeirantes de Televisão nas transmissões dos jogos, localizada no setor das cadeiras cativas vermelhas, foi batizada de “Cabine Luciano do Valle” como forma de homenagear um dos maiores narradores esportivos da história.

Com presença de esposa, Flávia do Valle, e do filho, Lorenzo, o presidente Carlos Miguel Aidar, fez questão de eternizar Luciano nas dependências do Estádio do Morumbi. Emocionada, mas sem esconder o orgulho e alegria pela homenagem, Flávia do Valle agradeceu ao Tricolor. “Quero agradecer ao clube e a todos do São Paulo pela recepção e homenagem, eternizando um dos lugares que por muitas vezes foi a casa do Luciano. Ter o nome dele nesta cabine é deixá-lo vivo na memória de todos. Tenho saudades, e cada vez mais terei, mas o Luciano era alegria, ele representava o amor, por isso é um momento feliz e quero que ele seja sempre lembrado desta forma”, disse Flávia, que estava acompanhada também por sua filha mais velha, Luiza.

O presidente Aidar, juntamente com Flávia e Lorenzo colocou a placa indicativa do lado de fora da cabine e falou sobre a homenagem. “A história do esporte brasileiro passa por Luciano do Valle. Essa homenagem é mais do que justa. Foram inúmeras glórias narradas por ele, não só do São Paulo e não apenas do futebol, mas de todos os esportes. Fico lisonjeado por ter eternizado este grande narrador com o nome na cabine. Quem visitar o Morumbi, seja daqui um ou cinquenta anos, verá o nome dele nomeando o espaço que ele brilhava”, disse.

O pequeno Lorenzo se sentiu em casa. Além de dar entrevistas para os repórteres presentes, ainda arriscou narrar o jogo, gritando “gol do São Paulo”. Em um dos momentos mais emocionantes para Flávia, o garoto, de apenas três anos, beijou a placa com o nome do pai.

Luciano morreu no dia 19 de abril deste ano, aos 66 anos de idade, quando se dirigia a Uberlândia para narrar a partida entre Atlético-MG e Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. O ex-narrador começou a passar mal ainda no voo, e morreu horas depois num hospital particular da cidade. Além da TV Bandeirantes, ele passou pela Rede Record e Rede Globo, sempre envolvido com as grandes coberturas do esporte.

Fonte: Site Oficial / SPFC e Lance!

Créditos fotográficos: Rubens Chiri / São Paulo FC e Portal Estádio VIP

Sigam no twitter: @robertanina e @spfc1935