Nesta quarta-feira, o último dia em que clubes brasileiros poderiam trazer reforços do exterior, o São Paulo anunciou a contratação do lateral esquerdo e meia Michel Bastos. O bafafá começou no final da noite desta terça-feira (12), quando os torcedores foram surpreendidos por uma declaração de Athayde Gil Guerreiro (vice-presidente de futebol) que anunciava a chegada de um “craque” vindo do exterior e que viria para ser titular. Com isso, a expectativa dos Tricolores subiu nas alturas. Daniel Alves? Felipe Melo? Um zagueiro tão pedido e implorado por todos nós?
Muita gente foi citada até que mais tarde, em entrevista à “Rádio Globo”, Guerreiro deu mais detalhes sobre o jogador que negociava com o São Paulo: “Ele está abrindo mão de muita coisa. Tem contrato lá fora e ganharia muito mais do que ganharia aqui. Ele quer voltar ao Brasil e à seleção brasileira”.

Hoje pela manhã, o mistério foi desvendado e Michel Bastos foi anunciado como o craque prometido pela diretoria. Nada contra, é bom jogador e pode nos ajudar se jogar no meio, ao lado de Souza, mas foi feito tanto alarde que o pessoal esperava até o retorno de Lucas, já que Gil Guerreiro também havia declarado que o jogador estava a caminho do Brasil em um voo da companhia aérea Air France, com previsão de chegada a São Paulo nesta quarta-feira.

Aos 31 anos, Bastos – que fez parte do elenco da seleção brasileira que foi eliminada nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010 – está atualmente no Al-Ain, dos Emirados Árabes Unidos. Ele passou o último semestre emprestado para a Roma e acumula passagens por Schalke 04, Lyon e Lille.

Emmanuel de Kerchove, agente do jogador, confirmou que a negociação está fechada e apontou dois fatores como decisivos para o acerto: a história do clube e a presença de Kaká. “Conversamos com alguns clubes e o São Paulo foi mais firme, com a oferta mais concreta. O Michel está indo para o maior clube do Brasil em termos de história e estrutura. Claro que vai haver um tempo de adaptação, mas vai conseguir ajudar rapidamente”, disse Kerchove, durante desembarque. “Ele conhece bem o Kaká por terem jogado juntos em 2010. O Kaká ajudou muito nisso, tinha outro grande clube interessado, mas o Kaká foi decisivo. Ele também conhece o Pato, o Tolói, e a diretoria passou muita confiança. O Muricy e o Milton Cruz conversaram muito com ele e deram firmeza para o acerto”, completou. O São Paulo comprará os direitos econômicos do atleta.

Michel Bastos é tratado como um jogador polivalente, que compõe a lateral esquerda, o meio e até se arrisca no ataque. No São Paulo disputará posições com os atacantes, nas pontas do setor ofensivo, e poderá até jogar como segundo volante ou lateral esquerdo (função que não joga há muito tempo). É uma aposta, afinal, tem 31 anos e seu ponto alto da carreira já passou há pelo menos uns dois anos.

Vale destacar que nosso elenco tem tudo para dar certo… no papel. Em campo, muita coisa precisa se ajeitar e o tal do “trabalho” pregado pelo nosso treinador Muricy deve ser intensificado. Nosso elenco é composto por jogadores que já vestiram a camisa da seleção brasileira, seja anteriormente no sub-20 (Douglas, Tolói, Ganso, Kardec) e atualmente com Auro, Lucão, Rodrigo Caio, Boschillia, Ewandro e Ademílson. Pela seleção principal, temos Kaká e Luís Fabiano titulares absolutos de Dunga na Copa de 2010 (agora também Michel Bastos) e passagens de Rogério Ceni e Osvaldo. Vale destacar a presença de Álvaro Pereira em duas Copas do Mundo defendendo o Uruguai. Ou seja: muita gente com estrada de sobra, mas que atualmente, jogando juntos, não encontraram uma formação e entrosamento. É aí que entra o dedo do treinador, não acham?

Podemos dizer que temos um dos melhores – e mais caros – elencos do país, mas a situação financeira do clube não anda nada boa. A notícia que circula é que o São Paulo deve salários a jogadores e funcionários e mesmo assim, reforços que exigem alto valor de investimento não param de chegar. As verbas das transmissões da Globo já foram adiantas e o preço do ingresso também subiu. Vale a pena prestar atenção na matemática do Aidar e em como essa gestão será conduzida, além da “mão do especialista” na hora de montar e preparar o time.

 #VamooooooooooooooooSãoPaulo 

Sigam no twitter: @robertanina e @spfc1935

Créditos fotográficos: Rubens Chiri / Saopaulofc.net, Reuters e Richard Heathcote/Getty Images