Todos têm uma história de como começaram a torcer para seu time. 
Minha paixão por esportes começou com as Olimpíadas de Barcelona 92. A escola em que eu estudava fez um grande movimento para envolver os alunos com a participação brasileira nos jogos.
No mesmo ano o São Paulo sagrou-se campeão da Libertadores e Mundial… Pronto! Escolhi o Tricolor do Morumbi para sempre.
Desde então, acompanho o dia a dia do São Paulo e seus profissionais. Aprendi sobre esquemas táticos e estatísticas além da história do clube e ídolos.
Me lembro de falar para um colega de classe, durante o primário, que eu torcia para o São Paulo e ele me desafiou: “Ah é? Então canta!”. Cantei e por dias tive que ensinar a letra para vários garotos.
Para os amigos e família sou uma referência sobre o Soberano e futebol no geral. Sou a pessoa que sempre sabe os próximos jogos, como está a tabela e aquelas curiosidades que só quem lê muuuuito sabe.
Ouvi muitas vezes: Você gosta de futebol? Por que? Meninas não sabem nada sobre futebol!
E hoje tenho o “compromisso” semanal de parar, pensar e escrever uma coluna sobre meu querido Tricolor em um site que tem uma equipe exclusivamente composta por mulheres entendidas, dedicadas e lindas… São Paulindas.
Minha paixão ficou séria! É um orgulho muito grande poder escrever o que penso sobre futebol.
E você, como se tornou são-paulina e são-paulino?
São Paulinda Roberta Santana
Siga-nos
@SPFC1935
@rob_santana