Anderson Hernanes de Carvalho Viana, ou só Hernanes. Meio campista, habilidoso, bom chute, você se lembra dele?

Foi revelado pelo Unibol Pernambuco Futebol Clube, em 2001 foi para o São Paulo onde foi emprestado para o Santo André, voltando para o tricolor no ano seguinte. Hernanes ganhou espaço no time apenas após a saída de Josue e Mineiro, tornou-se titular no Brasileirão de 2007 e conquistando o titulo e o prêmio Bola de Prata como volante.

Em 2008, conquistou novamente o Campeonato Brasileiro, e foi eleito o melhor volante da competição. Em 2009, Hernanes foi considerado o jogador mais promissor do mundo pelo jornal inglês The Thimes. E na Libertadores de 2010, completou 200 jogos com a camisa do São Paulo contra o Universitario pelas oitavas de final.

Hernanes ganhou o apelido de “O Profeta” pelas frases de auto ajuda inspiradas na bíblia que costumava usar em entrevistas coletivas.

Vendido para a Lazio da Itália por 31 milhões, a imprensa local chegou a compara-lo com outro jogador brasileiro ídolo da Roma, o Falcão. Chegou como um fenômeno fazendo um jogo amistoso contra o Deportivo La Coruña onde marcou um gol de pênalti e deu assistência para o outro na vitória por 3×0.

Fez sua estréia oficial no Campeonato Italiano contra o Sampdoria, e mesmo com a derrota foi elogiado pela imprensa local após o jogo. Considerado ídolo pela torcida, o apelido do jogador também foi adotado pelos italianos.

Vendido para o Internazionale de Milão por cerca 18 milhões de euros na ultima janela de transferências, Hernanes fez seu primeiro gol pelo seu atual time na sua oitava partida, tendo boas atuações dentro de campo. A Inter ocupa a 5ª posição do Campeonato Italiano, com 60 pontos.

Na amarelinha, o jogador foi convocado pela primeira vez em 2008 para um amistoso com a Irlanda e foi titular nos Jogos Olímpicos de Pequim também em 2008, onde conquistou a medalha de bronze. Porém não teve mais chances com a chegada do técnico Dunga, ficando de fora da Copa do Mundo de 2010.

Com a chegada do técnico Felipão em 2013, Hernanes foi convocado para a Copa das Confederações, e participara da Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Profeta, ídolo e único. Hernanes tem o carinho de todos por onde passa, e está gravado na memória de cada são paulino pela sua trajetória no tricolor. No Brasil, na Itália, no tricolor, ou na seleção, aonde estiver estaremos torcendo por sua felicidade e sucesso, pois você é merecedor de tudo isso.

Obrigada Hernanes, e vê se volta!

Por: Bianca Lamattina
@spfc1935 @bialamattina