Por Roberta Nina (@robertanina) 

Nós torcedores sabemos (e muito bem!) que o ano de 2013 foi um desastre para o São Paulo, dentro e fora de campo. O mau desempenho e os resultados medíocres nos fizeram flertar com um possível rebaixamento no Campeonato Nacional. Mas, graças à Deus, Muricy Ramalho salvou nossa pátria e (o pouco que restou de nossa dignidade).

Um novo ano começou, apesar de não parecer. Logo na estreia do Paulistão, o Tricolor perdeu por 2×0 para a equipe do Bragantino. Mesmos jogadores, mesmas deficiências, mesma falta de criatividade. Mas eu tenho feito um exercício de pensar positivo e acreditar que o pior já passou. Sim, vou te dar cinco motivos para que você também seja otimista. Veja só:

1) 2014 é um ano atípico 

Sim, pode parecer repetitivo, mas é a mais pura verdade! Tem muita coisa rolando por fora (julgamento dos rebaixados em 2013, o Bom Senso, eleições na CBF e etc…) e o futebol brasileiro, dos clubes, de fato, ficará em segundo plano. Sem contar que é ano de Copa do Mundo e por um mês, todo mundo olhará apenas pra Seleção Canarinho. Poucos clubes investiram em contratações efetivas muito por conta disso e o São Paulo também preferiu adotar essa postura.

2) Muricy sabe o que faz 

Já nos deu títulos e agora, recentemente, nos salvou da degola. Precisa de algo mais? É um cara que entende de futebol e de gente. Sabe formar grupo, motivar e disciplinar jogador. E como tem canal direto com o presidente Juvenal Juvencio, não manda recados, ele vai direto na fonte pedir e dizer o que precisa. Junto com Rogério e o cara que mais tem identificação com o nosso Tricolor.

3) Mais recordes para Rogério Ceni 

Mais um ano de contrato com o M1TO significa mais um ano de competência debaixo das traves e liderança dentro de campo. Nosso goleiro baterá mais recordes e nos dará o prazer de, por mais uma temporada, nos ver defendendo nosso escudo. Sintam-se orgulhosos de ver o maior ídolo da história do clube em campo e aproveitem cada segundo desses momentos.

4) Eleições presidenciais

 Em abril, a atual diretoria se despedirá da gestão do São Paulo e uma nova será eleita. É a esperança que o torcedor mais aguardava! A disputa entre Aidar (situação) e Kalil (oposição) promete mudar os rumos do clube e, quem sabe, investir em possíveis reforços ainda este ano. Mas, o mais importante é a mudança de postura da nova diretoria. Chega de amadorismo e soberba, queremos o São Paulo copeiro, o São Paulo referência, o time que revela craques e preza por bons relacionamentos com outros times, confederações, federações e etc…

5) A mudança da postura do torcedor 

2013 foi um ano fora dos padrões, sim, mas acredito também que ele serviu para muitas coisas boas, como por exemplo, unir a torcida que estava fragmentada e morna com os últimos anos “dá pro gasto” que vivenciamos. A gente acreditou na salvação, nos reunimos para apoiar o clube, protestamos na arquibancada e o maior dos motivos: a gente foi pro estádio, meus amigos! Muito São Paulino saiu do sofá e se pôs a torcer freneticamente na bancada do Morumbi. Nós contrariamos estatísticas e sites que contavam as horas de nossa queda. Não caímos e ficamos em melhor posição que atuais campeões.

Se quiserem bons exemplos de raça e superação da temporada passada, relembrem Cruzeiro 0x2 São Paulo, no Mineirão (jogo contra o líder e sem R.Ceni no gol), Inter 2×3 São Paulo no Beira Rio (com hat-trick do Boi Bandido) e Bahia 0x1 São Paulo (com dois jogadores a menos, na casa do adversário). Esses jogos nos servem de exemplo de postura tática em campo e de psicológico em ordem.

E que venha 2014!

Vamooooooooooooooooo São Paulooooooooooooooooo!

Créditos fotográficos: AFP e SPFC.net

Sigam no twitter: @robertanina e @spfc1935