Quando a tendência era ruim para o São Paulo, de alguma
forma a corneta sobrou pra todo mundo. Agora, mais tranquila, a torcida pode
ver com clareza quem são os principais jogadores que têm ajudado a equipe a
sair da fase mais complicada da história do tricolor.
Rodrigo Caio esteve ausente em apenas uma partida em todo o
campeonato brasileiro e, exceto o jogo em que não participou jogou todos os
minutos – sempre relacionado, nunca substituído. 
Na “folga” de Rodrigo Caio
contra o Bahia,  é certo que o time sofreu uma pressão forte para ganhar o jogo, e apesar de
não podermos atribuir essa pressão à ausência dele, não contar com
o versátil jogador não parece uma boa ideia. Nessa temporada o originalmente volante muitas vezes atuou como lateral-direito e zagueiro – posição na qual Rodrigo Caio merece destaque pelas boas atuações.
O garoto de 20 anos é “cria” do São Paulo, começou na base e
subiu para o time profissional em 2011. Apesar de este ser seu 3º ano, foi
agora que ele de fato conseguiu mostrar que é polivalente, tem personalidade e,
apesar da pouca idade tem potencial e vontade de fazer mais: isso porque após agradar a diretoria com suas atuações seu contrato foi renovado para outubro de 2018. 
Espelhado em Rogério Ceni, o volante  mostra que quer crescer mais e evoluir com o clube, e afirma que quer ganhar títulos e fazer história no São
Paulo.
Crédito Fotográfico: Goal.com