Apesar da vitória brilhante de ontem diante do Náutico, a partida contra o Corinthians que aconteceu no último domingo ainda não foi superada pelo Tricolor. Mas não é por conta do amargo empate, não. O que traz preocupação é o desfecho que terá a confusão que houve na partida, entre torcedores e a Polícia Militar.
No intervalo do jogo contra o rival, torcedores são paulinos protagonizaram um embate com a Polícia Militar, o que pode trazer sérias consequências ao clube. O São Paulo divulgou imagens colhidas nas câmeras de segurança do Morumbi para tentar comprovar a alegação de que tudo começou devido à bomba que a torcida corintiana tentou atirar nos torcedores são paulinos. Ainda que essa versão seja comprovada, é provável que em nada alivie a situação do São Paulo, já que o STJD entende que a responsabilidade pela segurança no estádio é do time mandante.
Foto: esporteinterativo.yahoo.com
Além da briga, o São Paulo pode também responder pela agressão sofrida pelo repórter do CQC, Ronald Rios, por torcedores são paulinos. Circula um vídeo na internet que mostra o momento em que o repórter foi agredido, e o STJD promete incluir o fato na denúncia.
Caso seja condenado, o São Paulo pode pagar uma multa de até R$100 mil, além de perda do mando de campo de até 10 partidas. Se forem acolhidas provas de que os torcedores do Corinthians também tiveram participação, o clube também pode sofrer punição.  
Vamos aguardar que fim levará essa história. Fica aqui o meu apelo, em nome de todos os torcedores de bem que frequentam estádios: parem com essas brigas ridículas que só prejudicam o clube e os torcedores que estão lá para curtir o jogo, apoiar o time. Estádio não é lugar pra violência, é o palco de um espetáculo, a paixão do brasileiro! É por essas e outras que os pais têm medo de levar seus filhos para assistirem aos jogos ao vivo, muitas pessoas deixam de ir ao estádio por insegurança, e o maior prejudicado com isso é o clube, que precisa do torcedor! 
Paz nos estádios, e avante Tricolor!
Por Camis Carvalho – @camisspfc