Quem não se lembra do dia 17 de abril de 2013, hein?! Naquela quarta-feira, o estádio do Morumbi estava abarrotado por 50 mil torcedores munidos do manto sagrado e muita fé! O milagre veio, vencemos o melhor time da fase de grupo da Libertadores e contamos com uma combinação de resultados. Foi assim que nos classificamos para as oitavas de final do torneio.

O adversário, na ocasião, é o mesmo que enfrentaremos amanhã, o Atlético Mineiro. Após o título conquistado, o Galo caiu um pouco de qualidade, mas não deixa de ser uma equipe muito bem montada e entrosada.

O São Paulo jogará em casa e, após dois bons resultados, os comandados de Muricy Ramalho precisam repetir o feito que conquistamos meses atrás. Raça e vontade são fundamentais, já que na parte técnica estamos muito abaixo do rival.

Paulo Henrique Ganso foi o nome da partida em que ganhamos, pela Libertadores. O próprio Rogério Ceni declarou em entrevista pós jogo que Ganso “regeu” o time. “Pode bar a batuta pra ele, jogou muito” – disse o capitão.

Nesta quarta-feira, o São Paulo precisa muito mais que a genialidade de Ganso. Precisa do time todo concentrado, marcando o adversário e sem desperdiçar chances. É hora de errar pouco e decidir a partida, o quanto antes.

Nossa casa promete lotar, mais uma vez. A torcida está fazendo sua parte e depositando toda a confiança no plantel. Muricy Ramalho mexeu com os ânimos da equipe e tenho certeza que
podemos conquistar mais três pontinhos e nos afastar de vez, dessa zona maldita!

Amanhã eu vou com fé. E vocês? 

Vamoooooooooooooo São Pauloooooooooooooooooo! 

Crédito fotográfico: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Sigam no Twitter: @robertanina e @spfc1935