Depois de atravessar a longa crise no
campeonato Brasileiro, a equipe do São Paulo acordou e já alcança a 3 vitória
seguida no campeonato.

 Muito se questionava quais eram os
principais motivos que levaram o Tricolor à zona de rebaixamento. Partindo da
diretoria, comissão técnica, jogadores, enfim, as cobranças vindas das
arquibancadas eram constantes e evidentemente com a pressão, o clima não era
dos melhores.

 O elenco é o mesmo, mas o técnico não.
Muricy Ramalho assumiu a equipe há menos de um mês, tem 3 jogos pelo São Paulo
e 3 vitórias.

                                               (Igo Estrela Caseiro/Gazeta Press)

 É notória a evolução do grupo. A garra
e perseverança do treinador contagiaram os jogadores que hoje atuam de forma
totalmente diferente em campo, é outra postura. Até mesmo os atletas que
estavam totalmente apagados voltaram a brilhar. Um deles é Paulo Henrique
Ganso, que chegou ao clube o ano passado e até o momento não havia convencido
os torcedores. Agora com a vinda do Muricy, o Maestro voltou a se destacar e, é
um dos jogadores mais elogiados pelo treinador.

 

O entrosamento entre os dois é
bastante evidente, pois já trabalharam juntos em um outro momento. Tenho plena
convicção que o Maestro deve fazer renascer seu futebol e acrescentar muito ao
time. Nos últimos três jogos, o meio campista atuou como armador,  avançou um
pouco mais na área e participou intensamente da maioria das jogadas. O técnico
deve moldá-lo ao futebol que os são-paulinos gostam de ver e que faz parte da
história do clube.

 Além disso, Muricy conseguiu ajeitar o
que para muitos já estava perdida, a defesa. Já somos a melhor
defesa do 2º turno do Brasileirão. Alcançamos à trinca de vitórias e não
tomamos nenhum gol.

 

O trabalho exercido pelo treinador no
São Paulo é satisfatório e isso só aumentam as expectativas, não só para o
Brasileiro, mas também para Copa Sul-Americana que se inicia na próxima semana
contra o Universidad Católica, no Morumbi.

 Muricy voltou ao clube com a missão de
resgatar um São Paulo que adormeceu, mas que começa a reagir e acordar para a
realidade. Ele só tem a somar com o clube. Temos o melhor técnico do Brasil. O
mestre em pontos corridos. Foi inúmeras vezes campeão é reconhecido e respeitado
por onde passa. Fez renascer as esperanças de cada torcedor são-paulino. Com
ele vai ser na raça, de alma e coração. Afinal, “Um time organizado, joga
organizado. Aqui é trabalho, meu filho!” – RAMALHO, Muricy.

 

Por: Mariana Telhada

Twitter: @telhadinha