Saudações tricolores!
O SPFC encara fora de casa o Goiás. Goiás que já participou ativamente de momentos distintos na história recente do tricolor. Em 2008, foi o protagonista do jogo do título, em Brasília. O time contava, na época do Paulo Bayer. Em 2009, novamente o Goiás, foi o responsável pela derrota doída que nos tirou o título. Uma  vitória simples daria o título ao SPFC. Mas o time de Fernandão na época goleou o tricolor e o título foi para o time do Flamengo.
Hoje o Goiás conta com o ex-são-paulino Hugo (também protagonista na campanha de 2008) e do bom atacante ligeiramente-acima-do-peso Walter. O SPFC não tem mais o time de 2008, nem o de 2009, ainda é um elenco frágil que vem de 3 vitórias recuperadoras com a característica de Muricy Ramalho: não tomar gols, fechar a defesa, atacar mais até abrir o placar e aí valorizar a posse de bola e não tomar gols. Tem dado certo. 
Em termos de números, nestes últimas 3 vitórias o tricolor não tomou nenhum gol. Ainda continua um time indisciplinado em termos de cartões, mas está um time mais aplicado, mais focado em campo. A impressão de quem vê o jogo é que o time todo em campo parece correr mais. 
Hoje o time já deve sofrer alterações: Maicon está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, então Rodrigo Caio deve voltar ao meio-campo como volante marcador e Rafael Tolói deve voltar para a zaga. Não é meu esquema favorito, mas não tem como ser diferente. Eu prefiro imensamente Rodrigo Caio atuando na zaga e Denílson no meio-campo, com Maicon. Mas, é o que temos para hoje. 
Uma vitória coloca o tricolor mais longe ainda do Z4 e empurra outros ‘favoritos para a Libertadores da imprensa’ morro abaixo. Sim, afinal, por que outros times, abaixo do tricolor na classificação, não estão em crise? Por que não estão momentaneamente no Z4? Como disse, momentaneamente, pois tem times tão limitados quanto. 
Das 4 vagas do rebaixamento, acredito que Náutico, Ponte Preta e Vasco disputam quem vai ser o pior time da série A de 2013. Falta uma vaga ainda. Nesta toada, estão Criciúma, Portuguesa, Flamengo, dentre os que, se não começarem a vencer, também disputarão a última vaga do Z4. Cabe ao tricolor sair o mais rápido possível desta turma e permanecer fora dela. 
Se o SPFC confirmar uma vitória hoje, atinge os 30 pontos, ótimo número. Um empate também não é dos piores resultados para um jogo fora de casa, mas o tricolor tem que pensar em vitória, jogo a jogo. Só assim, nós tricolores, teremos um pouco de paz neste fim de ano de 2013. 

Thaís Cachuté Paradella.