Por Roberta Nina (@robertanina)

No último domingo, o São Paulo Futebol Clube entrou em campo para enfrentar o Fluminense. Sua posição no campeonato Brasileiro era a décima nona e a equipe não vencia há 12 jogos. O saldo do domingo foi positivo, a vitória veio e muitos fatores contribuíram com o triunfo. Escolha o seu:

1) O Tricolor Paulista teve uma semana de folga e pôde treinar e se preparar melhor para a partida;
2) O Fluminense não anda muito bem das pernas e estava sem o atacante Fred, seu melhor jogador;
3) Um torcedor desconhecido “lavou” as escadas do vestiário do Morumbi com sal grosso e espantou a zica de uma vez por todas;
4) Era aniversário de Paulo Autuori e os jogadores decidiram dar este presente ao treinador;
5) Luís Fabiano estava em campo e não foi expulso (levou só um amarelinho suspensivo!)

As possibilidades são inúmeras, mas a verdade é que quem fez aquele time jogar fomos nós, os torcedores! Ah, claro, muitos vão dizer que lotamos nossa casa pelo fato do ingresso custar R$ 2,00. Calma lá, minha gente! Este preço era exclusivo para o sócio torcedor, que paga mensalidade e contribui com a manutenção do clube. Nada mais justo do que dar esse “desconto” ao torcedor de carteirinha, no meu ponto de vista. Não vejo nada de chocante neste tipo de “promoção”.

O preço do ingresso deveria funcionar assim mesmo. O sócio torcedor deve ter seus benefícios e o restante da torcida pagaria por volta de R$ 10, R$ 20, R$ 30. Aqueles que desejam ter uma visão privilegiada, é justo pagar um pouquinho mais caro.

Futebol é o esporte da massa, estamos num país de terceiro mundo e vocês acham justo ou “bacana” desembolsarmos mais de R$ 50 para ver uma partida de futebol? Então parem de se chocar e questionar o preço do ingresso! Todos os clubes deveriam tomar essa iniciativa como exemplo, seja lá qual for a atual fase do time. Incentivar o torcedor, as mulheres, as famílias e os idosos a irem ao estádio e torcer pelo seu time de coração.

 Nossa casa estava linda e lotada neste último domingo de sol. Quase 56 mil pessoas foram até lá para empurrar o time e tirá-lo da crise. É evidente que o jogador sente nossa vibração, é fato que nossos gritos (de incentivo e cobrança) surtem efeito. Em entrevista, após o término da partida, Luís Fabiano dedicou a vitória do time ao torcedor, que fez sua parte e encheu o estádio. O técnico Paulo Autuori também destacou a importância da “moldura humana”:

– Quando você entra em campo e vê aquela moldura humana te apoiando, você quer fazer coisas bonitas. É isso que faz o futebol ser essa paixão no mundo inteiro. O torcedor é o verdadeiro protagonista – comentou o comandante são-paulino (via Globoesporte.com).

Então, porque você não levanta daí e vai ao Morumbi? Tudo conspira para que o torcedor compareça aos jogos (o preço é o maior incentivo de todos), a fase pode não ser das melhores, mas em minha opinião, agora é a hora de mostrarmos a nossa força!

O São Paulo FC precisa de você! A equipe precisa do seu apoio para vencer a pior fase de nossa história. E agora me diz, como você vai ficar inerte perante tudo isso?
Além da importância de cada jogo vencido, estas são nossas últimas oportunidades de presenciar o maior ídolo da história do clube em campo. Rogério Ceni se aposentará no final de 2013, é mais do que certo, por isso, vamos aproveitar cada instante e cada lance que este M1TO ainda nos proporciona. Acredite, será muito triste ter uma falta perigosa para bater e não ter mais Rogério Ceni para cobrar!


VAMOOOOOO SÃO PAULOOOOOOOOOOO! 

Créditos fotográficos: Rubens Chiri / Saopaulofc.net e Rafael Neddermeyer / Fotoarena

Sigam no twitter: @robertanina e @spfc1935