Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com
Este time do São Paulo está PEDINDO pra cair. Pelo menos tecnicamente. Não é um desejo meu, longe disso, mas pelo que vi ontem ao lado de outros 25 mil corajosos bandidos presentes no gélido Cícero Pompeu de Toledo, o nível do futebol está crítico demais pra permanência na elite.

Ontem alcançamos a positiva marca do nosso maior público no campeonato, ajudado pela promoção nos ingressos. Ponto positivo pra essa diretoria, ainda que alguns especialistas-em-coisa-nenhuma digam o contrário, sendo preconceituosos em relação ao caráter do torcedor que vai ao jogo pelo ingresso ser mais barato. Mas isso é assunto pra outra coluna. Vamos ao jogo de ontem pra justificar a primeira frase desse texto.

Temos, no time, alguns exemplos de sintomas do descenso. Erros crassos de passe constantes, reposição de bola pro adversário (!), atacante quase anulando o próprio gol (de novo!!!), entrega fácil da bola, carrinhos infantis na grande área (valeu, Tolói), falta de padrão, jogador sai ANDANDO de costas para o jogo, zero jogador se apresentando pra receber uma cobrança lateral (!!!)… sem falar na zica da fase e no apito que só atrapalha nessas horas. Como nossos zagueiros são driblados facilmente! É de sentir pena. Mais um jogo que saímos falando “se não fosse o Rogério…” e não sei se o Autuori terá peças e cérebro pra arrumar esse sistema defensivo.

Podem me chamar de desesperada, corneta, falsa são-paulina.. mas estou sendo realista. Claro que ainda temos tempo de mudar essa situação. “Felizmente” essa draga tá acontecendo no começo do campeonato. O início do primeiro tempo me dá um fio de esperança, onde pressionamos até o gol sair e a torcida fez sua parte o jogo todo e deve continuar fazendo nos jogos em casa. Mas sinceramente…o que realmente pode fazer esse time voltar a GANHAR JOGOS e arrancar uma sequencia de vitórias pra sair da zona, com esse plantel atual? com o cara que deveria chamar a responsa direto no Reffis? Analisem a tabela que temos pela frente, só nesse primeiro turno: Flamengo fora, Flu em casa, Botafogo fora, Criciúma em casa, Coritiba fora e Ponte em casa. Que jogos dá pra dizer, com esse futebol que o time tem jogado, que “dá pra ganhar”? Eu não me arrisco a dizer.

Vou continuar acreditando até o fim, apoiando enquanto eu puder, como fiz ontem. Mas já tenho preparado minha cabeça pro pior também. A instituição São Paulo não merece e nunca merecerá cair, passar por qualquer vexame que for. E é pelo CLUBE e sua história que torço e sempre vou torcer. Penso muito no Rogério, o único que não tem pisado na bola. Seria doloroso demais encerrar a carreira rebaixado. Agora é hora de comparecer, porque o preço já não é mais desculpa, ainda que este TIME não mereça. A CAMISA merece. E vestimos a mesma que a deles, bandidos ou não.

Reage, São Paulo.

Por Raiza Oliveira (@ra_iza)