Por: Kelly Elias – @KellyEllias

Saudações São Paulinas,

Hoje a homenagem da minha coluna vai para um grande jogador que vestiu a camisa do nosso SPFC, e nesta última quarta-feira (12/06) faleceu em decorrência ao um 
câncer no pâncreas.
Teodoro Matos Santos, lendário volante do nosso Tricolor, nascido no dia 22 de outubro de 1946 jogou quase uma década pelo nosso Tricolor, onde teve como companheiros de equipe os uruguaios Pedro Rocha e Darío Pereyra, Roberto Dias, Serginho Chulapa, Terto, Paraná, Gérson, Mirandinha, Waldir Peres, entre outros. Pelo São Paulo Teodoro fez 303 jogos (127 vitórias, 104 empates, 72 derrotas) e marcou 13 gols.
Teodoro era um volante clássico que pouco se contundia (uma das pouquíssimas contusões que teve foi uma fratura na perna), que combatia as jogadas, saia para o jogo e também fazia vários gols e somente não chegou a Seleção Brasileira, pois na época havia vários bons jogadores que jogavam na mesma posição.
Revelado pelo São José na década de 60, Teodoro destacou-se na Ferroviária até chegar à Ponte Preta. E da Ponte Preta foi para o nosso SPFC, onde também conquistou títulos, inclusive fez parte do time que venceu heroicamente o Atlético Mineiro na final do campeonato Brasileiro de 1977.
Obrigada Teodoro, por tudo que você representou para o nosso São Paulo FC e por suas conquistas que jamais serão esquecidas por nós são paulinos.

Teodoro Matos Santana – Volante

Estreia: 26/09/1971
Último jogo: 10/11/1982
Nascimento: 22/10/1946, Santos (SP)
Clube proveniente: Ponte Preta (SP)
Clube posterior: Dallas Tornado (EUA)
Títulos conquistados no SPFC: Campeão Brasileiro de 1977 e Campeão Paulista de 1980.