Por Raiza Oliveira – (@ra_iza)
Foto: Rubens Chiri
Tricolores, o jogo da última quarta-feira contra o Grêmio foi o último do São Paulo antes da pausa que o Campeonato Brasileiro vai ter pra rolar a Copa das Confederações. Os times vão ficar 23 dias “de folga” enquanto isso podem optar por dois caminhos: manter a filosofia e o trabalho atual, mexendo apenas no que pode melhorar, ou mudar tudo. Recomeçar do zero no retorno do campeonato com novas peças no elenco e comissões.
Dá pra pegar o Inter 2010 como exemplo. Ano de Copa do Mundo, os clubes pararam por um mês. Nessa pausa, as semifinais da Libertadores ficaram pra depois do evento e nesse tempo os caras demitiram o Jorge Fossati, contrataram Roth rapidinho e fizeram mais algumas trocas no time, que tava bem desacreditado pro mata-mata que ia enfrentar. Resultado: voltaram fortes, eliminaram o próprio São Paulo com uma confiança renovada e levaram o caneco. 
No caso do São Paulo 2013, o que é melhor?
Vamos analisar. Se for manter o que está bom pra melhorar apenas algumas coisas, acho que contraditoriamente tudo seria mudado, partindo da presidência…mas como isso aí não é possível nesse momento, vamos pros andares de baixo. Há uns dias defendi aqui a permanência do Ney Franco, e continuo com a mesma opinião, SE não tiver alguém de altíssimo nível pra por no lugar. Chega de testes, se quisermos algo ainda esse ano. Em outra coluna falamos sobre opções. No elenco, só a graça divina pra nos ajudar nas laterais (Fora Juan!) e na zaga, hoje a mãe de todos os santos. Mas gosto do nosso meio pra frente, se for ajudado por um bom esquema tático permanente, continuidade dos bons/eficientes em campo e dos deficientes no banco (Alô Maicon). LF é papo reto: se quiser ficar, fique. Se tá chatiadinho, vaza. Nenhum jogador é maior que o SPFC e tudo que conquistamos até hoje não foi graças à ele. Fim.
Se for mudar tudo, é basicamente isso daí. Recomeçaríamos do zero com novos jogadores (FAIL, já renovamos com o craque Denilson) e tentaríamos uma nova filosofia no retorno do campeonato e na disputa da Recopa com novo técnico, comissão e confiança. Acho que aquela galera que saiu depois da eliminação pro galo já entra nessa opção aqui, pelo menos na visão da diretoria.
Um alô pra diretoria agora. Se for mudar o técnico e comissão e o escambau, faça AGORA! Não esperem mais umas dez rodadas do Brasileirão e uma eliminação pro time da marginal pra fazer isso. Foi exatamente o que os senhores fizeram nos últimos anos e não deu em nada.
Se for pra manter o que tá bom, sejam inteligentes. Parem de ser egoístas e pensem no São Paulo Futebol Clube.
Ao SPFC, estou contigo sempre e não abro. AVANTE MEU TRICOLOR!
#VAILÁDECORAÇÃO