Por Camis Carvalho – @camisspfc
Saudações, Tricolores!
Hoje, às 20:15, o São Paulo enfrenta o Atlético Mineiro, pela primeira partida das oitavas de final da Libertadores. Apesar do horário (vou me abster de mencionar a infuência de um certo canal de televisão nesse “detalhe”), todos os ingressos foram vendidos, teremos casa cheia para este duelo decisivo.
Foto: spfc.terra.com.br
Diego Tardelli e Bernard estão de volta pelo lado do Galo, mas o São Paulo também promete força máxima, apesar de seus quatro desfalques (Fabrício, Negueba, Maicon e Fabuloso). No entanto, contaremos com o reforço do nosso camisa 10 Jadson, ausente na última partida devido a uma suspensão pelo terceiro amarelo. 
É certo que não será uma partida fácil. Apesar do apoio da torcida, há de se ter consciência de que o Atlético vem fazendo uma campanha excepcional pela Libertadores, e fará todo o possível para nos eliminar. Por outro lado, o São Paulo fez a pior campanha, com uma classificação extremamente suada, conforme já sabemos. Mas, apesar disso, acredito no Tricolor. Temos a nosso favor a nossa grandiosa tradição e experiência na competição, além da presença em peso da torcida; e se o time apresentar a mesma raça e vontade que mostrou na última partida contra o time mineiro, temos tudo pra garantir a nossa classificação.
E, antes que eu me esqueça, alguém avise o ilustre Ronaldinho Gaucho que, ao contrário dele, o Tricolor não está de brincadeira. E ele já teve a prova de que “no Morumbi o bicho pega”! Espero que o time mineiro desça do salto e venha pra capital paulista sabendo que enfrentará um time com vontade e uma torcida apaixonada, com a certeza de que encontrará grandes dificuldades por aqui. Respeitem essa camisa, respeitem nossa história, aqui é tradição! Aliás, a melhor forma de se responder a esse tipo ridículo de provocação é dentro de campo. E que assim seja hoje a noite!
Convoco aqui toda a torcida, inclusive os que não estarão presentes no templo, para enviarem todas as suas melhores energias, e embalarem nosso Tricolor rumo a essa classificação. Nós TEMOS que estar presentes na final, e nós estaremos! Muitos acharam que estávamos mortos, e que não conseguiríamos passar para as oitavas, e nós provamos que o São Paulo é especialista em fazer a moeda cair em pé. Não há porque duvidarmos que conseguiremos novamente. 
Eu acredito, e vocês?
Avante, Tricolor!