Não é de hoje que um dos principais pontos de referência do São Paulo é a zaga. O conhecido e substituível esquema tri campeão brasileiro sempre pediu uma defesa sólida e zagueiros firmes. O apelido de muralha não foi dado á toa. Mas depois daqueles três vitoriosos anos e com a saída de Muricy, tudo desandou. Desde então não se encontravam mais zagueiros à altura da história do São Paulo.

Em outra oportunidade, aqui no São Paulindas, comentei que a zaga era o “segredo de campeão” do Tricolor. A defesa estando bem, as preocupações com os demais setores eram mínimas.

Hoje, além de Lúcio, uma das maiores referências de zagueiros no Mundo, o São Paulo conta com Rodholfo e Toloi, e o destaque da vez fica para o último.

Foto: Luiz Pires/VIPCOMM

Antes mesmo de sua contratação, quando havia somente especulações, Toloi estava dividido na opinião da torcida. Enquanto uma parte dela acompanhava a linha de raciocínio do nosso capitão Rogério Ceni e o aceitava muito bem no Tricolor, a outra o criticava e dizia que o Tricolor merecia um zagueiro melhor, que Toloi não era experiente e duvidavam da sua capacidade.

Em Julho chegou ao Tricolor e começou a trabalhar para mostrar à torcida que poderia sim, fazer a diferença, mesmo mostrando no início algumas falhas aqui e outras ali. Mas em sete meses, 42 jogos e um título Sul-Americano como titular absoluto ao lado de Rhodolfo, Toloi conquistou a confiança do treinador e agora tem a chance de estrear na Libertadores, principal torneio Sul-Americano nunca disputado antes pelo jogador.

Com ele em campo o São Paulo começou a render mais e a zaga passou a jogar com mais consistência. O time em geral sente segurança em avançar em campo, pois sabe que lá atrás tem alguém preparado para qualquer imprevisto.

Da rejeição à Libertadores, agora é a hora de conquistar de vez a confiança do torcedor são paulino e fazer história com a camisa tricolor. Contra o The Strongest, Toloi será titular ao lado de Lúcio. A vitória é a única opção, mas com essa dupla segurando a zaga, Luis Fabiano no ataque e uma torcida vibrando e apoiando, gol será uma questão de minutos.

#VamoSaoPaulo