Saudações tricolores! 
Hoje o SPFC enfrenta o Náutico no Morumbi com a estréia de Paulo Henrique Ganso no time. O Maestro (apelido de Ganso agora no tricolor) deve jogar cerca de 20 minutos, mas isso já foi suficiente pra a torcida esgotar os ingressos. Além disso, a diretoria foi inteligente o bastante pra fazer promoções nas últimas rodadas, o que elevou o público. Espera-se hoje no Morumbi mais de 55 mil pessoas. 
Você, torcedor tricolor, já teve a oportunidade de ir ao Morumbi em um dia destes? Um dia de lotação máxima (ou quase isso)? 

Esta que vos escreve já teve esta feliz oportunidade algumas vezes. Em um passado não muito distante, antes da reforma do Morumbi nos anos 2000, estive em jogos da Libertadores. Em 1994, estive nas quartas de final, SPFC x Palmeiras. Não tenho os dados de quantos torcedores foram a este jogo, mas me lembro quanto o Morumbi estava lotado. Na época, o estádio era dividido meio-a-meio entre as duas torcidas. A do SPFC ficava na arquibancada vermelha, a do Palmeiras na azul. 
Mais recentemente, jogos pela Libertadores também lotaram o Morumbi. Em 2008, o jogo contra o Nacional teve um público de quase 43 mil pessoas. Levando-se em consideração ser um jogo em plena quarta-feira, começando no absurdo horário das 21h50, pra mim isto é um belo público. 
O jogo seguinte deste menos ano, na mesma competição contra o Fluminense, teve público de quase 62 mil. Estádio lotado! Esta sou eu, neste jogo, dá pra ver como estava lotado. 

E foram vários jogos com grande lotação de público que tive a chance de ir. É uma emoção diferente. Há os que dizem que tem torcedor que só vai na boa. Sim, isso existe. Mas há de se pensar que pra o torcedor que não mora em SPFC, são nestes jogos que há excursões e a possibilidade real de você ir para SP ver o tricolor. Também acho que é diferente você ir ver um jogo com uma grande expectativa (como hoje) e ir ver SPFC x Grêmio Barueri válido pela primeira rodada do Paulista. Não tem como negar que é um sentimento diferente. Aí que acho que a diretoria deveria mudar a filosofia. Já se sabe que um jogo como SPFC x Grêmio Barueri pela primeira rodada do Paulista não ver ter muito público. Assim, faça promoções! Abaixe o preço do ingresso, crianças entram de graça, doe alimentos e pague R$ 5 o ingresso, coisas assim ajudam muito aumentar o público. 
Há vários torcedor que criticam outros torcedores que vão nestes jogos de reta final, classificando-os como ‘modinhas’. Acho patético isso. Torcedor criticando torcedor do mesmo time. Explico porquê: acho que quem tem razão em reclamar que ficou sem ingresso é sócio-torcedor. Se você é ST, contribui mensalmente para o clube, tem que ter seu ingresso facilitado ou até garantido. Este tem todo direito de reclamar se tentou adquirir ingresso e não conseguiu. Agora, porque você foi em outros jogos não te dá direito adquirido de conseguir ingresso se outro torcedor quis comprar. Não tem esta de direito adquirido.São direitos iguais. Simples assim. Acho sim que a compra de ingresso deveria ser facilitada, tanto para o ST, como para qualquer torcedor. Ou seja, você deveria ter uma maneira de comprar, antecipadamente, todos os ingressos para os jogos do SPFC no Morumbi, com exceção dos clássicos, por exemplo. Seria uma maneira fácil, rápida, o torcedor poderia receber seus ingressos em casa no início da temporada. É assim que acontece nos EUA em relação ao baseball. Claro que isso só é oferecido à, por exemplo, quem é ST. 
Outra coisa que deveria ser melhor controlada é o cambista. Obviamente se você quer ingresso para o jogo e vai tenar comprá-lo horas antes do jogo, você só vai encontrar ingresso na mão de cambista. É assim no mundo inteiro. Agora, quem tentou comprar ingresso bem antes e só tinha cambista vendendo…Opa, tem algo errado aí. Mas ficar em rede social xingando a própria torcida dizendo ‘Ai, eu não consegui ingresso e é culpa destes torcedores que só vão na reta final…’ Ora bolas, patético isso. Há inúmeros fatores que fazem com que estádios lotem mais ao final de competições (e isso vale pra qualquer torcida): excursões que saem de cidades mais distantes, estímulo de onde o time está na classificação, promoções de ingressos (como a diretoria do SPFC está fazendo), estréia de jogador (hoje, por exemplo), no caso do brasileiro a entrada do décimo terceiro já no mercado (veja quanto fica pra ir a um jogo: é o ingresso, no caso de um pai de família, seu, dos seus filhos, mais o ônibus ou estacionamento, mais o lanche…Não custa barato. Não dá pra ir sempre mesmo. Então, acaba-se optando por jogos assim, pelas razões já expostas). 
Mas a emoção que se sente em ir ao Morumbi em um dia como hoje, lotado, é indescritível. Mesmo com filas, o torcedor anima-se. A hora que você sai na abertura das arquibancadas e vê este estádio maravilhoso, com as três cores mais bonitas que existem, não tem como não sentir o sangue correr mais rápido, o coração bater mais forte e a vontade de já sair cantando São Paaaaaaulooooo…Vontade esta que já começa aliás bem antes de entrar no estádio. Todas as músicas na ponta da língua, toda esta emoção… Ir ao estádio já é bom demais. Ir ao Morumbi ver o tricolor é uma das melhores coisas do mundo. Ver este estádio maravilhoso lotado simplesmente não dá pra descrever em palavras este sentimento tão bom. 

Thaís Cachuté Paradella.