Nesses últimos dias muito se comenta sobre a saída ou a permanência do Lucas no Tricolor. Revelado nas categorias de base, se tornou um dos principais jogadores do São Paulo. Digamos que Lucas é a joia são paulina.

Foto: Almeida Prado/Folhapress (UOL)

Com grandes atuações e um futebol de dar inveja, nosso camisa 7 ganhou destaque e foi brilhar também na Seleção Brasileira, se tornando  o segundo jogador do São Paulo mais jovem a ser convocado para defender a Seleção.

Todo esse brilho não passou despercebido pelos grandes clubes da Europa e provocou o desejo de tê-lo. Muito se falava em Real Madri, Barcelona, Lucas e Neymar juntos em algum grande clube da Espanha, mas o discurso era sempre de que ninguém tirava a promessa Tricolor do Morumbi. Até chegar a proposta do Manchester United, da Inglaterra, oferecendo ao São Paulo € 38 milhões (R$ 93,5 milhões) por ele.

A princípio Juvenal recusou, provocando indignação em muitos, inclusive em são paulinos. Por uma quantia grande como essa, o São Paulo não poderia perder a chance de aumentar o cofre. Mas depois de muitos questionamentos por parte da torcida e de pessoas próximas ao presidente, Juvenal voltou atrás e espera por uma nova proposta do Manchester, lembrando que a janela de transferência de saídas para o exterior fecha somente dia 31 de Agosto, e até lá, muito provável que Lucas seja negociado.

Mas agora a questão é, o São Paulo não vem muito bem no campeonato, deixa declarado a “Lucasdependência” e não reforçou o elenco para disputar o Brasileiro e a Sul-Americana, compensa perder o Lucas e saber que a esperança de título esse ano pode acabar, só para poder aumentar o caixa Tricolor? O dinheiro fala mais alto que a chance de conquistar um título?

Qual a opinião de vocês, torcedores?