Por Raiza Oliveira – @ra_iza

Salve, salve, Tricolores!

No último domingo jogamos bem, mesmo que contra os reservas do Coxa, e tivemos como um dos destaques as boas jogadas de Lucas. Aquele Lucas que queremos ver sempre, principalmente nos momentos decisivos.
Desde que foi revelado, Lucas estreou no profissional, estourou pra valer e chamou a atenção de diversos clubes, incluindo os do exterior. Seu discurso quando o assunto era ir pra Europa foi sempre o mesmo: “Só vou sair depois de ganhar um título pelo São Paulo. Tenho muito a fazer aqui ainda e vou cumprir contrato” e coisas do gênero. Mas antes da partida de domingo, seu discurso, pela primeira vez, foi outro.
Foto: Mowa Press
“Eu não posso garantir que vou ficar até o fim do meu contrato. Muita coisa muda, é uma situação que não depende de mim. (…) Tenho contrato com o São Paulo. Estou feliz lá. Mas não sou eu que defino meu valor.” Essas foram suas palavras quando questionado quanto a suposta negociação com o Internazionale de Milão. O que me faz confirmar o óbvio, ele não disse nenhuma mentira. Nunca dependeu apenas dele ficar ou sair do São Paulo.
Mesmo com a resposta negativa do SPFC à proposta dos italianos, sabemos que o Lucas não ficará muito tempo no Tricolor. O clube não fará o mesmo que o Santos fez pra segurar Neymar, e isso é inevitável. 
Mesmo não tendo ganho ainda nenhum título pelo São Paulo e nós, como torcedores, levarmos isso como uma dívida da parte dele, eu, particularmente, não acharia um absurdo vê-lo pegando as malas assim que as Olimpíadas acabarem pro Brasil, onde ele disse estar focado agora. Estamos nos preocupando tanto com a zaga, com a indisciplina do Fabuloso e os boatos sobre Nilmar, que estamos deixando isso passar. E se o Lucas sair?
Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Agência Estado
Acredito que muitos que já o quiseram fora do time vez ou outra mudaram de ideia quando Ney Franco foi anunciado como novo técnico. Todos lembramos de como o Lucas jogou brilhantemente pela Seleção Sub-20 nas mãos dele. Momento e jogadores eram outros? De fato. Mas por que não funcionaria no Tricolor? Independente disso, acho que vale e muito a diretoria esforçar-se pra mantê-lo no clube, é peça essencial no time titular e só tende a crescer e a acrescentar ao elenco. Agora que ele está pegando o feeling da grandeza do clube e de sua responsabilidade, vai embora e ficamos por isso mesmo? Correndo o risco de chegar um superstar de meia idade que nem identificado com as três cores é?
E como ficaria o esquema sem ele? Osvaldo provavelmente faria o papel de segundo atacante ao lado de Fabuloso/ William José (?) enquanto ele estiver em Londres, mas não precisa ser nenhum Telê Santana pra saber que o nível técnico dos dois não tem comparação. Se o SPFC voltou mesmo a ter interesse no Nilmar, não seria exatamente pra suprir essa possível perda? Aliás, ele ou qualquer um ali supriria essa perda? Ou no final das contas, não haveria perda alguma?
Não digo para que sejam feitas loucuras incalculáveis por ele, mas ao que couber a mim como torcida pra que ele fique, o farei. É hora de juntar, não espalhar. Os laranjas podres que restaram da faxina de 2011 estão indo embora. É hora de agregar os talentos que temos!

E vocês: são contra a sua saída?A favor? Como já vi muitos dizerem, vocês também acham que ele é ‘mais um’ do time de pipoqueiros e, contanto que nos dê grana, pode sair? Ou vale todo o esforço possível pra mantê-lo no clube?

Digam aí nos comentários!
Até quarta que vem!
#VAILÁDECORAÇÃO