Por Jaque Amaral 
@_jaqueamaral
Polêmica. Está aí uma coisa que o nosso “presidente”, Juvenal Juvêncio, parece adorar. Sua passagem pelo Tricolor tem sido turbulenta. E e suas decisões, como comandante do São Paulo, nem sempre (ou nunca)  agrada a todos. Mudanças de técnico, de jogadores, contratações, demissões, muda isso, muda aquilo. E a presidência, por que não?! 
Costuma-se dizer, que o “buraco é mais embaixo”, mas nesse caso eu afirmo, “o buraco é mais em cima”. O que mais entristece, para mim, é a postura individualista do comandante tricolor. É um egoísmo absurdo, ele querer se manter no poder, desrespeitando o Estatuto do Clube, desrespeitando os dirigentes do passado, que sempre respeitaram e nunca permaneceram na presidência, por vaidades pessoais. Desrespeitando, ainda, todos os que fazem parte do São Paulo Futebol Clube, e principalmente, os milhares de torcedores que amam de VERDADE o SPFC. 
Foto: Alexandre Battibugli
Vejo ainda, algo pior que tudo isso. A absurda falta de respeito com a história do São Paulo Futebol Clube. Onde, sempre pudemos ser referência. Um clube diferenciado, invejado, admirado. Ética, moral e democracia tinham força. O Juvenal já teve seus pontos positivos, em seus mandatos aqui no Clube, mas construir história, dar continuidade a uma história como a do SPFC, não é algo que esteja ao alcance dele, nem do egoísmo dele. Juvenal, já chega! O mínimo que queremos, e merecemos, é respeito, com nós torcedores, com aqueles que amam e valorizam o futebol, com aqueles que já fizeram parte dessa fantástica história vitoriosa do São Paulo. O meu grito, não é mais um pedido, é um longo e demorado FORA JUVENAL.