Por Raiza Oliveira – @ra_iza

Salve, Tricolores!

O momento não é dos melhores, ainda mais agora com a queda de apenas mais um técnico na mão dessa diretoria. Mas tem um lugar, são-paulino de raiz, que tive a oportunidade de visitar, conhecer bem e espairecer um pouco dos problemas que temos vivido. O Complexo Social Manoel Raymundo Paes de Almeida, mais conhecido como Portão 7, o clube social do São Paulo.
Foto: SPFC1935
O espaço é voltado pro lazer e entretenimento dos sócios, que para ter um título inicial desembolsam a bagatela de R$ 10 mil, e mantém com mensalidades dependentes das atividades praticadas no clube. Piscinas, muitas áreas verdes, quadras e ginásios estão distribuídos em 85 mil metros quadrados, e é considerada uma das mais imponentes sedes sociais do Brasil. Não é à toa: vi com meus próprios olhos, a riqueza de detalhes que esse lugar recebe de cuidados. Todo o piso espalhado pelo local é tricolor, e até a areia do playground infantil leva um cuidado especial de tingimento e limpeza. É um lugar pra lá de aconchegante que todos, todos mesmo, parecem ser São-Paulinos. Claro que um funcionário e outro nem deve ligar pra futebol, ou mesmo torcer pra outro time. Mas jamais vai deixar transparecer diante de tanta “são-paulinidade” em um só lugar!
Augusto Taishin Higa, do Conselho Deliberativo, eu e
 minha alta estatura. Foto: SPFC1935
Durante a visita, encontrei mais de um conselheiro do São Paulo, que gentilmente parou pra falar comigo e com mais quatro amigos, três aqui do SPFC1935 inclusive (a Jaque Amaral, a Samara Roque e o Adhemar Juan). Um deles é o Sr. Higa, conselheiro do clube há cerca de 50 anos! Simpatissíssimo, ficou feliz demais por ver um monte de jovens “num lugar que só tem velhos” como disse o sócio do clube que nos acompanhou na visita, Zé Roberto. Um dos motivos que me leva a crer que certas coisas não mudam no São Paulo por pessoas como ele, como a inserção de uma terceira camisa no uniforme por exemplo. Pessoas tradicionalíssimas, que carregam a essência daquele São Paulo nascido em 1930/1935.
Uma das diversas piscinas em meio ao verde. Foto: SPFC1935

 Além de uma academia super equipada, não faltam atividades pros sócios dentro do “Resort Tricolor”: desde ginástica aeróbica e artística, passando por Futsal, Natação, Tênis e vôlei; Capoeira, atletismo, Paddle (um tipo de Squash + Tênis), sinuca e até carteado e um coral. 
Campo de grama sintética para crianças. Foto: SPFC1935
Quadra poliesportiva. Foto: SPFC1935 
Abertura dos jogos amistosos de tênis entre SPFC x CAI. Foto: SPFC1935
Salão de ginástica aeróbica. Foto: SPFC1935

 Fiquei, e ainda estou, boquiaberta com a estrutura. O que já desconfiava, se confirmou. Se a torcida ficar até uns 10 jogos sem ir ao estádio..o bolso do presida não vai doer, acreditem. O cara está se achando acima do bem e do mal, precisa descer uns bons degraus da soberba e nos ouvir. Mas que só irá ouvir, SE OUVIR, se tiver quem grite.

Espero que tenham gostado! Mais informações sobre o Portão 7 estão no site: http://portao7.com.br/
Até semana que vem!
#VAILÁDECORAÇÃO