Por Raiza Oliveira – @ra_iza

Leitores, isto pode parecer uma súplica. E é.
Depois de passar o terceiro ano seguido vendo meu time sendo eliminado pelo Santos na semi-final do Paulista, além dos 3 (quase 4) anos apenas participando de todas as competições com seguidas eliminações vergonhosas, craques de youtube que no momento crucial somem, o departamento médico superlotando a cada dia e o maior ídolo atual sendo um dos poucos a dar o sangue, literalmente, pelo time, ainda tenho que engolir o ABSURDO dos preços dos ingressos, que sobem a cada classificação do time nas competições, como se fosse pra testar o amor ao time. Pior: é nossa própria diretoria quem nos dá esse (des)gosto amargo.
É claro, torcedor Tricolor, que o apoio ao time deve ser INCONDICIONAL. Aconteça o que acontecer, em boa ou má fase, em competições grandiosas ou mais modestas; existimos pra isso. Mas torcedor NÃO é bobo. Assim que passamos para as semis da Copa do Brasil, por exemplo, os preços dos ingressos subiram pra absurdos R$50 na Azul, e R$40 na Laranja (por exemplo). Estamos onde o time estiver sim, mas somos, na grande maioria, assalariados! Compromissados com uma casa, um investimento pro futuro, estudos… Se a diretoria quer ver casa cheia sempre, deve pensar EM PRIMEIRO LUGAR naquele que faz o time ser quem é: a TORCIDA!
E isso não é uma novidade. Quem frequenta estádio e acompanha o time sabe que não é de hoje que a soberba diretoria Tricolor faz e acontece em cima dos torcedores nesse sentido. Eles sabem que é jogo de decisão. Sabem que é um jogo importantíssimo para o time, e que poucos não se importarão em perder de ver tudo isso ao vivo, sentindo todas as emoções que só as arquibancadas podem trazer. Mas o que eles não sabem é, que se esse “bobo” torcedor que paga, mesmo no sacrifício, esse preço absurdo, decidir assistir o jogo da TV por  não ter como pagar esse momento único ao lado do time do coração, o espetáculo simplesmente inexiste. Pra quem os jogadores correrão? Se sair um gol, com quem comemorarão e pra quem dedicarão? Por quem serão empurrados nos momentos de dificuldade?
Nada do espetáculo que é o futebol acontece sem o torcedor. Sem ele, o futebol é um esporte comum, pros jogadores é apenas um emprego. VALORIZEM o núcleo do futebol, e principalmente do SÃO PAULO FC, diretoria. Dedico meu texto a vocês.
Dia 14 eu estarei lá, no sacrifício, pra ser o 12º jogador. Faça sua parte, diretoria. Nosso apoio também depende disso.
E você, torcedor Tricolor, tem achado justo os preços dos ingressos? Comente aí!
Até quarta-feira que vem!
#VAILÁDECORAÇÃO