Por Jaque Amaral – @_jaqueamaral .
Saudações Tricolores!!!

Ter ídolos é bacana. Mas não se faz mas ídolos como antigamente! Raí, Careca, Zetti, Palhinha, Leônidas da Silva, Waldir Peres, Telê, Rogério Ceni, entre tantos outros que marcaram história no clube, ainda são lembrados. E sempre serão, sem dúvidas! Mas eram outros tempos. Tempos em que futebol era arte e tinha muito mais valor. Jogava-se por amor a camisa. Não apenas por alguns milhões. E isso, fazia toda diferença. Não é a toa, que conseguíamos ganhar campeonatos, e títulos…

Muito provavelmente, todos os ídolos tricolores das épocas anteriores, se sentiam motivados pela enorme satisfação em ter tantos torcedores incentivando o time e o clube. O interesse era maior em ver a partida ao vivo e acompanhar de perto cada lance. Mas atualmente, as coisas são bem diferentes, o contexto é outro. 

Convenhamos que a dedicação de parte da torcida, com o SPFC, também vem deixando a desejar. O que precisamos, juntamente com muitas outras medidas internas no clube, é apoiar! Apoiar, amar e respeitar a camisa que tanto amamos! Cobramos mais raça, mais gols, mais isso e mais aquilo. E não estamos errados. Mas devemos apoiar, mesmo que “o time não mereça”. Devemos apoiar porque o que nos faz vibrar, cantar, gritar, chorar, aplaudir, defender, ir ao estádios, é o AMOR. Amor esse que move milhões de apaixonados e que nos faz seguir, torcendo sempre pelo melhor para o nosso clube amado. Então vamos lá, lotar o estádio e mostrar que as derrotas que viemos sofrendo, durante esses anos, nunca nos fez duvidar desse sentimento. Vamos lá, mais amor, ao TRICOLOR!