Por Camis Carvalho
@camisspfc

     O São Paulo enfrenta hoje, às 21h50 no estádio do Morumbi, o Goiás. Será a primeira partida pelas quartas de final da Copa do Brasil. 19 jogadores foram relacionados para a partida, entre eles o zagueiro Paulo Miranda, que foi afastado pela diretoria e não atuou nas duas partidas anteriores contra a Ponte Preta. O desfalque será Osvaldo, um dos reforços de 2012, que não foi relacionado por opção da comissão técnica. Seguem fora, no geral, Fabrício, que está passando por uma recuperação física após contusão na panturrilha; Wellington e Cañete, que passaram por uma cirurgia no joelho; e o ídolo Rogério Ceni, ainda em processo de recuperação da lesão no ombro direito. Um dos principais jogadores do Goiás, Iarley, foi poupado e não enfrentará o São Paulo hoje.
  Em 2003, o Tricolor foi eliminado pelo Goiás nas quartas de final da Copa do Brasil, e ficou sete anos ausente da competição. O reencontro com o alvi-verde goiano visará a quebra de um tabu de dez anos fora das semifinais. Além de derrotar um antigo algoz, a vitória hoje colocaria o clube paulista mais próximo da tão cobiçada vaga na Libertadores, além de pacificar o clima após a eliminação no Paulistão, que parece ainda estar atravessada na garganta dos dirigentes e da torcida são paulina. 
  A grande esperança do Tricolor é o atacante Luis Fabiano, que já tem sete gols no campeonato, dividindo a artilharia com o atacante Guerrón, do Atlético Paranaense. Além disso, hoje Fabuloso tem a chance de alcançar uma marca importante pelo clube na Copa do Brasil: pode ultrapassar o maior artilheiro do São Paulo no torneio, o lendário França, que tem 21 gols em 34 partidas. Fabuloso tem 20 gols em 17 jogos, somando todas as suas passagens pelo clube paulista. Além disso, o camisa 9 tem uma média de quase 1 gol por partida na temporada, com 12 acertos em 13 oportunidades.

Foto: Lancenet

No entanto, apesar da importância da partida, apenas cerca de 14.000 ingressos foram vendidos. A expectativa da Diretoria é que estejam presentes 35.000 são paulinos no Morumbi hoje. Avante, Tricolor!