Saudações tricolores!

Hoje o SPFC encara a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli, às 19h30. O SPFC vem do empate com o outro time campinense, o Guarani, por 1×1. Assim, conseguir 3 pontos hoje tornou-se essencial.

O time deve contar com a estréia de Jadson no meio-campo, ocupando o lugar de Cícero, deixando o time mais ofensivo. Será uma boa chance de vermos como o meio-campo se comportará. O time ainda terá os desfalques de Luís Fabiano no ataque e de Rogério Ceni, no gol.

O SPFC necessita destes 3 pontos. O empate contra o Guarani frustrou um pouco a torcida, que esperava uma vitória. Assim, bater a Macacada em seu próprio campo hoje é fundamental.

Vindo de uma família de torcedores do Guarani (e eu sendo a única são-paulina), escutei esta semana: ‘Favor fazer a coisa bem-feira no domingo, ein?’ — é incrível como a rivalidade entre os dois times de Campinas se estende muito além do derby.

Há dois anos, escrevi sobre os jogadores revelados pela Ponte Preta que fizeram sucesso no SPFC.

Leia o texto aqui: http://www.saopaulindas.spfc1935.com.br/2010/03/pre-jogo-ponte-x-spfc-jogadores-que.html

Jogadores como o próprio Luís Fabiano, o goleiro Denis, protagonista do jogo de hoje, além de vários outros como o lendário Waldir Perez, Oscar e até recentemente, Alex Silva, Washington, Rodrigo e Jean Rolt.

Na época, recebi até homenagem da família de Orlandinho, jogador revelado pela Ponte que jogou no Tricolor em 1967, mas morreu em um acidente de carro poucos anos depois.

Hoje o time tem que buscar a vitória. Para ficarmos com boas chances de classificarmos em primeiro, uma vitória hoje é mais do que uma exigência. É uma necessidade.

Pra terminar, esta semana recebi o feedback da direção do blog sobre o que os leitores acham das minhas colunas. Fiquei muito feliz ao saber que sou bastante respeitada e que minhas opiniões (sempre críticas, pois digo que o meu senso crítico não some quando o SPFC entra em campo) são bem aceitas pelos leitores, alguns inclusive bem fiéis às minhas colunas. Aqui vai um agradecimento mais do que especial à você que lê minha coluna todo domingo, que manda seus comentários aqui via blog ou via Twitter. Quando eu escrevo, penso exatamente em você leitor que, não importa em que canto do país ou do mundo você está, gostaria de saber mais sobre o seu time e ter uma visão um pouco diferente, mais crítica em relação a tudo que envolve o SPFC. À você, minha admiração e meu muito obrigada!!

Thaís Cachuté Paradella.